segunda-feira, 22 de agosto de 2016

CINECLUBE DA ALIANÇA FRANCESA EXIBE "FRENCH CANCAN" GRATUITAMENTE

Obra de Jean Renoir, o filme “French Cancan” retrata uma época e a expressão cultural e artística do Cancan, dança que durante alguns anos foi considerada ilegal e indecente, proibida até pela polícia na França. O cineclube Aliança Francesa vai exibi-lo gratuitamente no sábado (27/08), às 16h, na Cinemateca. 


O diretor usa seu talento para ilustrar a mentalidade e moralidades da época. A história passa em 1890, quando o Cancan ainda está na moda, mas nem os shows da dançarina Lola ajudam o Café Le Paravent Chinois a sair da decadência. No elenco, atores como Jean Gabin e Françoise Arnoul.
A sessão é aberta ao público.

Sobre o Cineclube Aliança Francesa
Um espaço para conhecer a produção cinematográfica francesa e francófona. Com uma sessão mensal, apresenta grandes clássicos, diretores consagrados e produções alternativas. Antes do filme, a professora e apaixonada por cinema, Viviane Ribeiro, faz uma apresentação sobre o diretor, os atores, o tema e a relevância histórica da obra. Depois, abre-se um debate para discutir e trocar ideias sobre o que foi assistido.

Serviço: Filme: “French Cancan” – legendado.
Quando: sábado, 27 de Agosto, às 16h.
Quanto: gratuito.
Aberto ao público em geral. Para pessoas interessadas em cinema, no idioma francês e também para quem não fala francês.
Onde: Cinemateca de Curitiba – Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174, bairro São Francisco;

Mais informações no telefone 41 3223 4457.

" A GAROTA NO TREM" APRESENTA IMAGENS INÉDITAS EM NOVO TRAILER

THRILLER PSICOLÓGICO TEM DISTRIBUIÇÃO DA UNIVERSAL
PICTURES E ESTREIA PREVISTA PARA 27 DE OUTUBRO

Baseado no best-seller homônimo da britânica Paula Hawkins, o thriller “A Garota no Trem” (The Girl on the Train) acaba de ganhar trailer inédito com novas imagens da protagonista Rachel, interpretada por Emily Blunt. Além do trailer, que pode ser conferido aqui, a produção também conta com cartaz nacional disponível para download em alta resolução aqui.

Com distribuição da Universal Pictures e direção de Tate Taylor, de “Histórias Cruzadas”, o filme é baseado em um dos maiores fenômenos editoriais do momento com mais de quatro milhões de exemplares vendidos. Traduzido para 44 línguas, o best-seller se manteve por sete meses na lista dos mais vendidos do The New York Times - tirando a liderança de mais de seis anos de “O Símbolo Perdido”, de Dan Brown.            

“A Garota no Trem” conta a história de Rachel, uma mulher que sofre as dores de um divórcio recente. Acostumada à sua rotina solitária, ela passa o tempo a caminho do trabalho fantasiando sobre um casal aparentemente perfeito que vive em uma casa próxima ao trilho por onde seu trem passa todos os dias. Só que em uma manhã, pela janela do trem, ela vê algo surpreendente acontecer e se torna parte de um mistério ainda sem explicação.  

O longa tem roteiro adaptado por Erin Cressida Wilson e ainda conta com Rebecca Ferguson, Justin Theroux, Haley Bennett, Edgar Ramirez e Allison Janney no elenco. A estreia no Brasil está prevista para 27 de Outubro.      

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

MOSTRA WOODY ALLEN APRESENTA CINCO FILMES DO CINEASTA NO SHOPPING MUELLER

Rede Cinemark do Shopping Mueller terá ‘Mostra Woody Allen’ entre 20 e 24 de Agosto

Prestes a estrear seu 47º longa-metragem nos cinemas em todo o Brasil: “Café Society”, o diretor norte-americano Woody Allen ganha homenagem da Rede Cinemark com a “Mostra Woody Allen”. Em parceria com a distribuidora Imagem Filmes, a Rede do Shopping Mueller irá exibir, entre 20 e 24 de Agosto, cinco filmes do cineasta – um por dia -, sendo o último a pré-estreia exclusiva da nova obra. 
“Vicky Cristina Barcelona” (2008), “Blue Jasmine” (2013), “Magia ao Luar” (2014) e “Homem Irracional” (2015) chegam às telas entre os dias 20 e 23, antes do inédito “Café Society”, exibido dia 24. As sessões acontecem sempre às 20h30, e os ingressos para os filmes antigos custam R$20 (inteira) e R$10 (meia). Para a pré-estreia, os valores são os normais de bilheteria de cada cinema.

Sobre os filmes:  
Vicky Cristina Barcelona – 20 de Agosto
Durante uma viagem entre amigas para Barcelona, Vicky (Rebecca Hall) e Cristina (Scarlett Johansson) conhecem o pintor Juan Antonio (Javier Bardem) e acabam se encantando por ele. O que elas não sabem, é que ele tem um relacionamento problemático com sua ex-mulher Maria Elena (Penélope Cruz), e acabam criando um “quadrado” amoroso.

Blue Jasmine – 21 de Agosto
Quando Jasmine (Cate Blanchett), uma milionária, perde todo seu dinheiro, ela se vê obrigada a se mudar para a casa de sua irmã (Sally Hawkins), que leva uma vida muita mais modesta com seus filhos em São Francisco. Algum tempo depois, Jasmine conhece Dwight, um diplomata que pode resolver seus problemas. Mas, antes de tomar qualquer atitude, ela precisa descobrir quem realmente é.

Magia ao Luar – 22 de Agosto
Quando Stanley (Colin Firth), conhecido pelo seu talento de desmascarar vigaristas, é contratado para revelar o segredo usado pela médium Sophie (Emma Stone), ele logo se anima para conseguir resolver mais um caso. Conforme eles começam a se conhecer, ele passa a acreditar nas habilidades da jovem, e acaba se encantando por ela.

Homem Irracional – 23 de Agosto
O professor de filosofia Abe Lucas (Joaquin Phoenix) se muda para uma pequena cidade americana para começar a lecionar em um novo local. Não demora muito para que Jill (Emma Stone), uma de suas alunas, comece a se aproximar dele. Ao mesmo tempo, uma professora da escola, Rita (Parker Posey), tenta ter um caso com ele. Em crise existencial, as coisas começam a melhorar para Abe quando ele começa a planejar o assassinato de um juiz da cidade (Tom Kemp), e como jamais seria descoberto, por não ter nenhuma conexão com ele.

Café Society – pré-estreia em 24 de Agosto
Bobby (jesse Eisenberg), um aspirante a escritor, se muda para Los Angeles para realizar seu sonho de ingressar na indústria cinematográfica com a ajuda de seu tio Phil (Steve Carell). Passado algum tempo, ele finalmente consegue um posto como entregador de mensagens na empresa de Phil. Mesmo não sendo o que esperava, ele segue trabalhando lá até que consiga uma oportunidade melhor, e acaba se envolvendo com a secretária de seu tio, Vonnie (Kristen Stewart), que o força a manter esse relacionamento em segredo.

SERVIÇO: Cinemark Shopping Mueller
Local: Avenida Cândido de Abreu, 127 - Centro Cívico – Piso L4
Datas: 20 a 24 de Setembro
Horário: 20h30
Preço: R$ 10 (meia) e R$ 20 (inteira)
Telefone: 41 3074-1000
Instagram: @muellercwb


SHOPPING MUELLER APRESENTA NO CINEMA O MARAVILHOSO MUNDO DE DISNEY

Rede Cinemark do Shopping Mueller inicia a 9ª temporada da série O Maravilhoso Mundo de Disney, que reapresenta nas telonas clássicos da Walt Disney Animation Studios  

Malévola, A Bela e A Fera, e A Dama e O Vagabundo. Os clássicos da Disney estão de volta ao cinema do Shopping Mueller com a 9ª temporada da série O Maravilhoso Mundo de Disney. Com a série, a Cinemark oferece ao seu público a oportunidade de ver ou rever grandes produções do estúdio americano, dedicadas à família, nas telas dos cinemas. 
As atrações da temporada são: “Malévola” (2014), com exibição nos dias 20, 21, 27 e 28 de agosto; “A Bela e a Fera 3D” (1991), que será exibido em 3, 4, 10 e 11 de setembro; e “A Dama e o Vagabundo” (1955), com exibição nos dias 17, 18, 24 e 25 de setembro. Cada filme será exibido em dois fins de semana, em formato digital, com sessões a partir das 11h. Os ingressos podem ser adquiridos no site (www.cinemark.com.br) ou na bilheteria do cinema. O valor é de R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia-entrada).
Sobre os filmes:
Malévola – 20, 21, 27 e 28 de agosto
Baseado na história de “A Bela Adormecida”, o filme nos aproxima de Malévola, uma garota com asas e chifres que, desde pequena, tem a missão de manter a paz entre o reino dos Moors e os reinos vizinhos. Ela acaba se apaixonando pelo humano Stefan, que também nutre sentimentos por ela. Algum tempo depois, ele a abandona para ir em busca de seu sonho de se tornar líder de um dos reinos. Malévola se torna vingativa após os acontecimentos e decide amaldiçoar a filha de seu antigo amor. O que ela não esperava era se apegar à criança e criar uma amizade com ela.

A Bela e a Fera 3D – 3, 4, 10 e 11 de setembro
A história mostra a fantástica jornada de Bela, uma alegre e bela jovem que se torna prisioneira de uma fera cruel em seu castelo. Apesar de sua precária situação, a moça faz amizade com os empregados encantados do castelo — um bule de chá, um candelabro e um relógio de pêndulo — e por fim consegue ver além do exterior da Fera e descobre o coração e a alma de um príncipe.

A Dama e o Vagabundo – 17, 18, 24 e 25 de setembro
Dama é uma cadelinha que sempre recebeu tudo o que queria na mordomia da casa de seus donos, Querida e Jim. Quando sua dona engravida, Dama começa a achar que foi deixada em segundo plano. Nesse mesmo período, ela conhece Vagabundo, um cachorro de rua que tem de se virar para conseguir sobreviver. Um dia, Querida e Jim viajam, deixando a cadelinha e o bebê sob os cuidados de Tia Sarah e seus dois gatos, que armam para que Dama receba a culpa por um incidente. Ela acaba fugindo de casa e se perde, passando a depender de Vagabundo para sobreviver e voltar para seus humanos.
SERVIÇO: Clássicos Disney na Cinemark do Shopping Mueller
Local: Avenida Cândido de Abreu, 127 - Centro Cívico – Piso L4
Datas: 20 de Agosto a 25 de Setembro
Valor: R$ 7,00 (meia-entrada) | R$ 14,00 (inteira)
Telefone: 41 3074-1000

Instagram: @muellercwb

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

NOVA SÉRIE "JUSTIÇA" TERÁ MARJORIE ESTIANO NA TELA DA TV

Nova série “Justiça” terá paranaense na tela da RPC

Antes mesmo do seu lançamento, a série Justiça, que tem estreia prevista para dia 22 de agosto na tela da RPC, já está dando o que falar. O trailer, que começou a passar nos intervalos da programação no dia 4, “quebrou” a internet quando foi ao ar. E uma das personagens será interpretada pela paranaense Marjorie Estiano. Na pele da bailarina Beatriz, a atriz fará par romântico com Cauã Reymond e trará como tema principal a eutanásia.


SOBRE A RPC

A RPC é uma empresa que faz parte do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCOM), com suas oito emissoras de TV afiliadas à Globo no Paraná. A emissora é líder em audiência e pioneira na transmissão da TV Digital na região Sul do país. Com tecnologia de ponta, disponibiliza uma programação de qualidade e diversificada para toda a população do Paraná. Também fazem parte do GRPCOM os jornais Gazeta do Povo e Tribuna, as Rádios 98FM, Mundo Livre FM Curitiba e Maringá, a unidade móvel de produção em alta definição HDView e o instituto de responsabilidade social, o Instituto GRPCOM.


TIAGO ABRANAVEL FALA SOBRE A DUBLAGEM DE DUKE EM PETS-A VIDA SECRETADOS BICHOS

COM DIREÇÃO DE CHRIS RENAUD, DE ‘MEU MALVADO FAVORITO’,
FILME ESTREIA EM 25 DE AGOSTO NOS CINEMAS BRASILEIROS

Em vídeo inédito de “Pets – A Vida Secreta dos Bichos” (The Secret Life of Pets), Tiago Abravanel comenta sobre sua experiência em dublar Duke, o novo e indesejado irmão de Max (voz de Danton Mello): “Eu fui muito feliz dublando esse filme. Eu me envolvi, chorei na dublagem, foi muito legal”, explica o ator. Para assistir, acesse o link: https://youtu.be/DEJSKqAGiuQ

Descontraído e brincalhão, Duke chega à casa de Max como o terror em forma de cão. Acostumado a ter 100% da atenção de sua dona, Katie, Max se sente acuado ao perceber que terá que dividir seu lar com o recém-chegado. No vídeo, Tiago aproveita para falar da personalidade do personagem, que tanto irrita o protagonista Max: “Ele é um cara descontraído, estilo de vida legal, um tanto quanto bagunçado, descolado...”, conta.

Parceria da Universal Pictures com a Illumination Entertainment, “Pets – A Vida Secreta dos Bichos” mostra o que os nossos animais de estimação fazem quando estão sozinhos em casa à espera de seus donos. Com estreia marcada para 25 de Agosto em circuito nacional, o filme tem roteiro assinado por Cinco Paul & Ken Daurio e Brian Lynch e produção executiva de Chris Meledandri.
     

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

MEL MAIS DÁ VOZ À PROTAGONISTA DE "A BAILARINA" EM TRAILER DUBLADO


ANIMAÇÃO SERÁ LANÇADA PELA PARIS FILMES EM 15 DE DEZEMBRO NOS CINEMAS BRASILEIROS

Depois do sucesso na televisão, em novelas como Avenida Brasil e Joia Rara, a atriz mirim Mel Maia irá invadir as salas de cinema – com a animação “A Bailarina” (Ballerina), em que interpreta a protagonista Felicie. A Paris Filmes acaba de divulgar o trailer oficial da animação já com a dublagem da atriz. Para visualizar, acesse: https://youtu.be/d8528X86V4E

                                  
Com estreia marcada para 15 de Dezembro, o filme francês conta com direção de Eric Summer e Éric Warin e roteiro do trio Carol Noble, Eric Summer e Laurent Zeitoun. A produção ambientada na Paris do século XIX narra a história de Felicie, uma sonhadora menina órfã que almeja realizar o sonho de ser uma grande bailarina. Para isso, a jovem toma uma atitude arriscada para conseguir o que quer: foge para Paris e decide se passar por outra pessoa, e consegue uma vaga no Grand Opera, onde vai aprontar muitas aventuras.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

LENDA DA COMÉDIA MUDA, BUSTER KEATON É CELEBRADO EM MOSTRA CINEMATOGRÁFICA NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

Exibição de 31 filmes, debates e palestras marcam a retrospectiva Buster Keaton – O palhaço que não ri no cinquentenário de morte do cineasta

A CAIXA Cultural apresenta a mostra Buster Keaton – O palhaço que não ri entre os dias 23 e 28 de agosto (terça-feira a domingo). O evento traça uma retrospectiva em homenagem ao cineasta no ano em que sua morte completa meio século. Keaton (1895-1966) é um dos principais nomes do cinema americano e quase uma unanimidade na comédia muda, dividindo com Charlie Chaplin o posto de maior diretor do gênero. As sessões terão ingressos a R$ 4 e R$ 2 (meia-entrada). 


Com curadoria de João Mussato e Rodrigo Grota, a mostra exibirá 31 filmes, sendo todos eles pertencentes à fase muda do cineasta. Entre as obras escolhidas, estão clássicos conceituados da carreira de Keaton, como Sherlock Jr. (1924) e A general (1926); mas também uma parte menos conhecida de seu trabalho, como seus curtas-metragens.

Este é o primeiro evento no ano a celebrar a obra de Keaton no Brasil. Para João Mussato, idealizador do projeto, a mostra pretende aproveitar o cinquentenário da morte do autor para relembrar que sua obra continua viva. “A retrospectiva é uma maneira de reviver o período do cinema mudo, relembrar como era preciso reinventar-se para fazer filmes cuja qualidade consistia em ações, e não em diálogos”, explica.

Para o curador Rodrigo Grota, essa será uma oportunidade rara de assistir a essas obras em tela grande: “Nossa relação com Keaton vem dos filmes lançados em home video no Brasil. É muito difícil poder assistir a seus filmes na sala escura. E isso é algo essencial nesse caso, pois Keaton é um cineasta que trabalha o espaço como poucos. Seus filmes são extremamente plásticos, poéticos, precisam da ideia de amplitude para concretizar a proposta do diretor”, comemora.

Outro destaque são as programações especiais. Duas palestras, uma inaugural e outra de encerramento, serão ministradas pelo crítico Luiz Carlos Oliveira Junior e pelo cineasta Murilo Hauser, respectivamente. Ao longo da semana, convidados locais, entre críticos e realizadores, vão comentar os últimos filmes de cada dia. A mostra ainda contará com um catálogo exclusivo – o primeiro publicado dedicado a Buster Keaton no Brasil. A publicação poderá ser retirada com a apresentação de dois ingressos da mostra.

Buster Keaton
Nascido como Joseph Frank Keaton Jr. em 1895, Buster Keaton esteve ligado ao vaudeville (mistura de circo e teatro) desde cedo. Chegou a contracenar com seus pais em um número chamado Os três Keatons. A partir de 1920, começou a realizar seus próprios filmes após fazer pontas em algumas produções.

Uma de suas inovações foi a figura do protagonista que não muda suas feições no decorrer das ações, permanecendo-se impassível. O nome da mostra faz referência a essa técnica utilizada por ele. O cineasta acabou perdendo o controle criativo de suas produções ao assinar contratos com grandes estúdios e sua carreira caiu em decadência.

Voltou a ficar em evidência apenas em 1952, quando participou do filme Luzes da Ribalta, de Charlie Chaplin. Curiosamente, a produção fala sobre um artista em decadência. Essa foi a única dobradinha dos dois famosos comediantes em uma mesma obra.

Serviço: Cinema: Mostra Buster Keaton – O palhaço que não ri
Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280, Centro – Curitiba (PR)
Data: de 23 a 28 de Agosto de 2016
Horário: sessões a partir das 14h30. 
Consultar programação no site www.caixacultural.gov.br
Ingressos: vendas a partir de 23 de Agosto (terça-feira). R$ 4 e R$ 2 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura. A venda de ingressos será feita apenas para as sessões do dia.
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h. Domingo, das 14h às 19h)
Classificação etária: Livre para todos os públicos
Lotação máxima: 120 lugares (2 para cadeirantes)
Programação completa:

Dia 23/08, terça
19h30 Abertura
20h One week e Sherlock Jr (1920, 1924 - 69 min)
Após a sessão, palestra de Luiz Carlos Oliveira Junior, crítico e pesquisador

Dia 24/08, quarta
14h30 Sessão de Curtas 01 (The blacksmith, The play house e The scarecrow – 62 min)
16h Sessão de Curtas 02 (The balloonatic, The boat e Neighbours – 64 min)
18h30 O navegador (1924 – 59 min)
20h Nossa hospitalidade (1923 - 75 min) – Bate-papo com os curadores após a sessão

Dia 25/08, quinta
14h30 Sessão de Curtas 03 (Convict 13, The frozen north e Day dreams – 57 min)
16h Boxe por amor (1926 – 77 min)
18h30 Amores de estudante (1927 - 65 min)
20h Sete oportunidades (1925 – 56 min)
– Bate-papo com os curadores após a sessão

Dia 26/08, sexta
14h30 Sessão de Curtas 04 (The haunted house, My wife’s relations e Cops – 55 min)
16h O noivo cara-dura (1929 – 77 min)
18h30 A antiga e a moderna (1923 – 63 min)
20h A General (1926 – 78 min) – Bate-papo com os curadores após a sessão

Dia 27/08, sábado
14h30 Sessão de Curtas 05 (Hard luck, The paleface e The goat – 64 min)
16h Nossa hospitalidade (1923 - 75 min)
18h30 O navegador (1924 – 59 min)
20h Marinheiro de encomenda (1927 – 71 min) – Bate-papo com os curadores após a sessão

Dia 28/08, domingo
14h30 Sessão de Curtas 06 (The eletric house, The love nest e The high sign – 62 min)
16h O vaqueiro (1925 – 68 min)
18h30 Amores de estudante (1927 - 65 min)
20h O Homem das novidades (1928 – 75 min) – Após a sessão, palestra de Murilo Hauser, pesquisador e realizador

Crédito fotos: Sotelysa.




quinta-feira, 11 de agosto de 2016

REBECCA, UM CLÁSSICO DE ALFREDO HITCHCOCK EM EXIBIÇÃO NO CINEPLEX BATEL

Filme foi o vencedor do Oscar de Melhor Filme e Melhor Fotografia em 1941

Não é um filme de Hitchcock. É uma espécie de conto, e a própria história data do século XIX. Era uma história bem velhinha, bem fora de moda. Naquela época havia muitas escritoras: não tenho nada contra, mas Rebecca é uma história sem humor”. A frase célebre do diretor Alfred Hitchcock, dita no lançamento do filme em 1940, define com maestria o que o público poderia esperar de Rebecca. O filme é uma história distante do seu universo, não é um thriller, não há suspense, funciona como um drama psicológico e mesmo assim conquistou o Oscar de Melhor Filme e Melhor Fotografia em 1941. A história de Rebecca está em cartaz no Cineplex Batel entre os dias 11 a 17 de agosto, sempre às 18h30.

Achamos que o público curitibano merece assistir Alfred Hitchcock em uma grande tela de cinema, é uma experiência única captar todas as nuances deste cineasta atemporal. O Cineplex preza por trazer filmes com belas histórias e produções independentes, por isso nada melhor que exibir Rebecca”, conta Elisa Pescador, gerente administrativa do Cineplex Batel.


Rebecca também foi indicado ao Oscar nas categorias Melhor Diretor, Melhor Ator (Laurence Olivier), Melhor Atriz (Joan Fontaine), Melhor Atriz Coadjuvante (Judith Anderson), Melhor Roteiro, Melhor Direção de Arte em preto e branco, Melhores Efeitos Especiais, Melhor Edição e Melhor Trilha Sonora. Mais de vinte atrizes fizeram testes para interpretar a esposa do Sr. de Winter (Laurence Olivier), entre elas as atrizes Vivien Leigh e Anne Baxter. 

Uma curiosidade sobre o filme é a escolha da segunda esposa do personagem Sr. de Winter, papel almejado pela atriz Vivien Leigh, na época namorada de Laurence Olivier. Olivier fez pressão para que ela conseguisse o papel, mas a jovem atriz Joan Fontaine, então com 22 anos, foi a escolhida por Hitchcock. O ator começou a tratar Joan Fontaine com frieza e indiferença, fazendo com que ela se sentisse tímida e deslocada. Como era esse exatamente o sentimento que o diretor desejava que a atriz passasse para a personagem, Hitchcock ordenou que todos no set a tratassem da mesma forma, para assim obter de Joan uma atuação mais vulnerável ao que pedia o perfil da personagem.

Ficha Técnica
Direção: Alfred Hitchcock / Produção: Selznick International Pictures e United Artists / Produtor: David O. Selznick / Roteiro: Robert E. Sherwood e Joan Harrison, baseado no romance de Daphne du Maurier, adaptado por Philip Mac Donald e Michael Hogan. Diretor de Fotografia: George Barnes / Direção de arte: Lyle Wheeler / Música: Franz Waxman / Montagem: Hal C. Kern / Elenco: Laurence Olivier (Lorde Maxim de Winter), Joan Fontaine (Sra. de Winter), Judith Anderson (Sra. Danvers), George Sanders (Jack Favell), Nigel Bruce (Major Giles Lacy), Reginald Denny (Frank Crawley), C. Aubrey Smith (Coronel Julyan), Gladys Cooper (Beatrice Lacy), Florence Bates (Sra. Van  Hopper), Melville Cooper (médico legista), Leo G. Carroll.

ARTE PARANAENSE DE SANDRA HIROMOTO NA NOVELA DA GLOBO

Obras da artista plástica Sandra Hiromoto, famosa pela temática japonesa, compõem o cenário de Sol Nascente
  
Nós próximos meses, pinturas da paranaense Sandra Hiromoto estarão expostas quase que diariamente para todo o Brasil. Isso porque sete quadros da artista foram selecionados pela produção da Rede Globo para compor cenários da próxima novela das seis, Sol Nascente, que vai ao ar no final de agosto. As obras fazem parte da série de pinturas inspiradas no cotidiano das mulheres japonesas, que Sandra produziu em 2012. 

6 say hai again.

 Escrita por Walther Negrão, Suzana Pires e Júlio Fischer, a novela é estrelada pelo também paranaense Luis Melo, que interpreta o japonês Kazuo Tanaka. Em recentes postagens no Instagram, o ator revelou detalhes do cenário, com um dos quadros de Sandra compondo a sala de jantar da casa do seu personagem.

É a primeira vez que obras de Hiromoto são expostas em uma novela televisiva. A artista está em cartaz em Curitiba, na mostra Olhar Incomum: Japão Revisitado, no Museu Oscar Niemeyer (MON). Seu trabalho também pode ser conferido em sua recém-lançada página na internet: www.sandrahiromoto.com.br.

Mais sobre a artista 
Sandra Yoshie Yamakawa Hiromoto nasceu em 1968, em Assis Chateaubriand, no Paraná. Atualmente, vive e trabalha em Curitiba, cidade onde graduou-se em Desenho Industrial, pela PUCPR, em 1990. Fez a sua primeira visita ao Japão em 1989, para um intercâmbio na Universidade de Okayama. Em 1993, concluiu a pós-graduação em Marketing e Gerenciamento de Empresas na Funesp e, em 2004, finalizou a pós-graduação em Poéticas no Ensino da Arte Contemporânea, na Universidade Tuiuti do Paraná. Foi editora de artes visuais do Jornal Memai e integrante do NAT-FAP, Núcleo de Artes e Tecnologias da Faculdade de Arte do Paraná. Para mais detalhes sobre sua biografia, acesse o site www.sandrahiromoto.com.br.