quinta-feira, 21 de julho de 2016

A LENDA DE TARZAN ESTREIA NO CINEPLEX E OUTROS FILMES NO NOVO BATEL

Filme mostra o retorno do personagem lendário à selva africana


Um dos principais lançamentos do ano, o filme “A Lenda de Tarzan” chega no Cineplex Novo Batel no dia 21 de Julho em quatro horários e com um elenco repleto de estrelas como Alexander Skarsgård, Christoph Waltz e Samuel L. Jackson. É a chance dos amantes da história clássica do rei da selva reviverem a aventura de um dos personagens
mais queridos do cinema.

 Confira a programação para o Cineplex Novo Batel (21/07 a 27/07):

A Lenda de Tarzan – LEGENDADO | AVENTURA
Sala 3 –14h35 / 16h35 / 18h40 / 20h40
Releitura da clássica lenda de Tarzan, na qual um pequeno garoto órfão é criado na selva, e mais tarde tenta se adaptar à vida entre os humanos. Na década de 30, Tarzan, aclimatado à vida em Londres em conjunto com sua esposa Jane, é chamado para retornar à selva onde passou a maior parte da sua vida onde servirá como um emissário do Parlamento Britânico.

Chocolate – LEGENDADO | DRAMA
Sala 4 –14h20 / 18h30 / 20h45
O jovem negro Rafael Padilha (Omar Sy) nasceu em Cuba em 1868 e foi vendido quando ainda era criança. Anos depois ele consegue fugir e é encontrado nas docas por um palhaço que o coloca nas suas apresentações. Em seguida, Padilha passa a ser conhecido como Chocolate, tornando-se o primeiro artista circense negro na França, um grande sucesso no final do século XIX.

Julieta - LEGENDADO | DRAMA
Sala 2 – 14h30 / 18h35
Julieta vive em Madri com sua filha Antía. Ambas sofrem em silêncio por conta da perda de Xoan, pai de Antía e marido de Julieta. Mas, quando a dor não aproxima as pessoas, ela separa. Quando Antía completa dezoito anos, ela abandona a mãe sem dar explicações. Julieta procura por ela de todas as maneiras, mas apenas descobre o quão pouco conhece sobre sua filha.

Agnus Dei – LEGENDADO | DRAMA
Sala 2 – 16h20 / 20h25
Durante o fim da Segunda Guerra Mundial, na Polônia, a enfermeira francesa Mathilde (Lou de Laâge) descobre que as freiras moradoras de um convento vizinho foram estupradas por soldados invasores. Muitas delas estão grávidas. Apesar da ordem de prestar socorro apenas aos franceses, Mathilde começa a tratar secretamente de todas as freiras e madres. Ela deve enfrentar os julgamentos das próprias pacientes, que se sentem culpadas por terem violado o voto de castidade, e se recusam a ter o corpo tocado por quem quer que seja, mesmo uma enfermeira.

Para todos | NACIONAL | DOCUMENTÁRIO
Sala 4 – 16h30
A trajetória, a vida e os desafios de alguns atletas paralímpicos, que fazem parte das delegações brasileiras de natação, atletismo, canoagem e futebol, em fase de preparação para os Jogos Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. O dia a dia, a superação, os obstáculos, as alegrias, as tristezas de cada um dos atletas são objeto deste documentário, que também debate a questão da inclusão dos deficientes físicos na sociedade brasileira em geral.

Procurando Dory - DUBLADO | ANIMAÇÃO
Sala 5 – 14h30 / 18h30
Um ano após ajudar Marlin (Albert Brooks) a reencontrar seu filho Nemo, Dory (Ellen DeGeneres) tem um insight e lembra de sua amada família. Com saudades, ela decide fazer de tudo para reencontrá-los e na desenfreada busca esbarra com amigos do passado e vai parar nas perigosas mãos de humanos.

Florence - Quem é essa mulher? - LEGENDADO | COMÉDIA
Sala 5 – 16h30 / 20h30

Florence Foster Jenkins, uma rica herdeira e cantora de ópera, acredita plenamente em suas habilidades vocais. O ator St. Clair Bayfield, seu companheiro, no entanto, tenta de todas as formas poupá-la da verdade que muitos acreditam: sua voz é absurdamente horrível. E um concerto público pode desvendar a farsa.

terça-feira, 19 de julho de 2016

FNAC RECEBE MOSTRA FOTOGRÁFICA EUROCLICK 2015

Exposição reúne 20 imagens selecionadas em um dos principais concursos de fotografia do mundo

Até o dia 3 de Agosto, os curitibanos terão a oportunidade de conferir de perto a Mostra Fotográfica Euroclick 2015, exposição que reúne 20 imagens selecionadas durante a última edição do concurso Euroclick, um dos mais importantes do país. Com o tema “Red, Rouge, Rosso - o vermelho em suas mais variadas formas”, a exposição traz 20 trabalhos exclusivos de fotógrafos profissionais e amadores de todos os cantos do país.

“Nesta edição do concurso Euroclick 2015, tivemos mais de 700 trabalhos inscritos. Foi um recorde em números e, também, em qualidade. Dessas imagens, tiramos 20 que compõe a Mostra Fotográfica Euroclick 2015. Temos certeza que o público irá se surpreender com fotografias lindas e cheias de vida”, detalha Tânia Buchmann.

mostra pode ser visitada gratuitamente na FNAC Curitiba, no ParkShoppingBarigüi (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 600) de segunda a sábado, das 11h às 23h; e aos domingos, das 14h às 20h. M ais informações nos sites www.centroeuropeu.com.br ewww.fnac.com.br. 

Serviço: Mostra Fotográfica Euroclick 2015
Local:  FNAC Curitiba (ParkShopping Barigui – Rua Professor Pedro Viriato de Souza, 600) - Ecoville - Curitiba
Data: até 3 de Agosto
Horário:   de segunda a sábado, das 11h às 23h, e aos domingos, das 14h às 20h

ANNA MUYLAERT É A GRANDE HOMENAGEADA NO FESTIVAL DE CINEMA LATINO-AMERICANO DE SP


A cineasta paulista Anna Muylaert é a grande homenageada da décima primeira edição do Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo, que acontece no período de 20 a 27 de Julho.

Realizadora brasileira a ganhar reconhecimento internacional recentemente – emplacando premiações no Festival de Sundance e em duas edições seguidas do Festival de Berlim – Anna Muylaert trafega com desenvoltura em diversos formatos audiovisuais: longas e curtas-metragens, séries televisivas e vídeos autorais, telefilmes e videoclipes. No final do mês de Junho, seu nome foi anunciado como um dos novos membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, organizadora do Oscar.
  
O evento promove a pré-estreia brasileira de “Mãe Só Há Uma”, de Anna Muylaert, atração na sessão oficial de abertura do evento – agendada para 20/07, no Memorial da América Latina. No dia seguinte, 21/07, acontece um encontro da cineasta com o público, com participação da cartunista Laerte.

Estão na programação um total de 23 títulos dirigidos e/ou roteirizados por Anna Muylaert.

São longas-metragem (“Durval Discos”, “É Proibido Fumar”, “Que Horas Ela Volta?”), telefilmes (“Para Aceitá-la Continue na Linha”, “E Além de Tudo Me Deixou Mudo o Violão”) e séries televisivas (“Mundo da Lua”, “Castelo Rá-Tim-Bum”, “As Canalhas”), além de curtas-metragens, videoclipe e vídeos autorais de rara circulação. A realizadora apresenta em público pela primeira vez um dos chamados demo filmes que utiliza como preparação para seus longas-metragens ou “rascunhos filmados e editados”. A exibição de “Que Horas Ela Volta? – Demo Filme” é comentada pela própria diretora.  

A curadoria do 11º Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo é assinada por João Batista de Andrade, Jurandir Müller e Francisco Cesar Filho, sendo estes dois últimos também diretores do evento. Uma realização do Memorial da América Latina, da Secretaria de Estado da Cultura, e da Associação do Audiovisual, o festival é uma iniciativa do Ministério da Cultura / Lei Federal de Incentivo à Cultura. Conta com patrocínio da Petrobras, correalização da Spcine e do Sesc São Paulo, e apoio cultural do Centro Cultural Banco do Brasil.

Mais informações podem ser acessadas no website do festival http://www.festlatinosp.com.br/ ou na fanpage oficial www.facebook.com/FestivalDeCinemaLatinoAmericanoDeSaoPaulo/.

SOBRE O FILMES

Título de abertura do festival e inédito no Brasil“Mãe Só Há Uma” é o quatro longa-metragem da paulista Anna Muylaert. Contemplada no Festival de Berlim deste ano com  o Prêmio Männer Magazine, para filmes de temática gay, a obra acompanha a jornada de um jovem de 17 anos que, além de descobrir que foi trocado na maternidade, enfrenta transformações pessoais relacionadas à sexualidade. No elenco estão Naomi Nero, Matheus Nachtergaele e Dani Nefussi. 


A cineasta participa ainda de um encontro com o público, ao lado da cartunista Laerte, no dia 21/07, às 11h00, no Memorial da América Latina. 

No dia 25/07, segunda-feira, às 19h00, no Cinesesc, é projetado “Que Horas Ela Volta? – Demo Filme”. Trata-se de um rascunho filmado e editado, útil para checagem dos diversos aspectos da obra, antes de sua efetiva filmagem. Atuações, roteiro, posições de câmera, entre outros aspectos, são analisados e, eventualmente, modificados. A exibição é comentada pela própria diretora.

“Durval Discos” (2002) marca a estreia de Anna Muylaert no formato longa-metragem, sendo saudado com premiações expressivas nos festivais de Gramado (melhor filme, direção, roteiro, fotografia, direção de arte e prêmio do público) e Cine PE (melhor roteiro, atriz e direção de arte). Um vendedor de uma loja de discos de vinil (Ary França) mora com sua mãe (Etty Fraser) e verá sua vida transformada após a empregada recém-contratada desaparecer e deixar uma garotinha aos seus cuidados. Destaque para a trilha sonora, com canções de Jorge Ben Jor, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Rita Lee, Tim Maia e Novos Baianos, entre outros.

Em “É Proibido Fumar” (2008) Glória Pires e Paulo Miklos vivem, respectivamente, uma professora de violão fumante que deseja ardentemente viver uma grande paixão e um músico de bar recém-separado que se torna seu vizinho. O filme foi o grande vencedor do Festival de Brasília de 2008, conquistando os prêmios de melhor filme, ator, atriz, roteiro, atriz coadjuvante, direção de arte, trilha sonora, montagem e prêmio da crítica. Na trilha sonora, estão novamente presentes canções de Jorge Ben Jor, Caetano Veloso e Gilberto Gil.

Responsável pela projeção internacional da diretora, “Que Horas Ela Volta?” (2015) teve world première em janeiro do ano passado no Festival de Sundance, tendo o júri da competição internacional do festival criado um prêmio especial em reconhecimento ao trabalho das atrizes Regina Casé e Camila Márdila. Um mês depois, foi eleito melhor filme da seção Panorama do Festival de Berlim. A história focaliza uma jovem nordestina que, para prestar exames vestibulares, vai a São Paulo, onde sua mãe trabalha como babá e empregada doméstica, morando na casa dos patrões há mais de uma década. Mas a garota não vai aceitar a separação de classes e posições impostas no lugar.

Dois filmes feitos para televisão dirigidos por Anna Muylaert estão na programação. Em “Para Aceitá-la Continue na Linha” (2009) uma mulher de classe média alta de São Paulo recebe um telefonema, cai no golpe do falso sequestro de uma de suas filhas e ruma ao Rio de Janeiro, guiada pela voz do bandido. A obra foi ampliada para exibição em salas de cinema, sob o título de “Chamada a Cobrar” (2012). Já “E Além de Tudo Me Deixou Mudo o Violão” (2012) focaliza uma adolescente que vive entre o medo e o amor por sua mãe, uma alcoólotra. No elenco estão Dani Piepzik, Naomi Silman, Marat Descartes e Lourenço Mutarelli.

Entre os episódios de séries televisivas criadas com participação de Anna Muylaert, o festival exibe os primeiros episódios dos sucessos “Mundo da Lua” (1991) e “Castelo Rá-Tim-Bum” (1995). Estão programados ainda quatro episódios da série “As Canalhas” (2013) dirigidos pela cineasta: “Amélia” (com Mônica Martelli), “Dolores” (com Bete Dorgam), “Isabela” (com Laura Predo) e “Roberta” (com Luiza Mariani).

Os curtas-metragens incluídos são o metalinguístico “O Sétimo Artesão” (1982); “Hot Dog” (1983, codirigido com Márcio Ferrari), um longo travelling com 15 personagens; “Paixão XX” (1984), sobre um encontro na metrópole que termina com os personagens sós; “Rock Paulista” (1988), com Titãs, Ira! e Arnaldo Antunes; e “A Origem dos Bebês Segundo Kiki Cavalcanti” (1995), uma comédia de costumes que as crianças fazem a respeito da vida sexual dos adultos que venceu o Rio Cine Festival, o Cine Ceará e o Miami Brazilian Film Festival.

Vencedor no Vídeo Music Brasil da MTV como melhor videoclipe de MPB, “Mama África” (1995) foi filmado na cidade natal do cantor Chico César, Catolé do Rocha (Paraíba). Em um único plano-sequência, sem cortes, ele percorre as ruas da localidade, dançando juntamente com sua irmã mais nova e a população.

Quatro vídeos autorais, feitos entre 1989 e 1991, estão na programação: “Vídeo Tela Azul” (sobre o artista plástico José Roberto Aguilar), “Zona Eleitoral” (sobre as eleições presidenciais de 1989), “Torre de Babel” (sobre o dinheiro como a língua comum na diversidade de Nova York) e “Os Sete Minutos Capitais” (sete vídeos de um minuto dirigidos por cineastas paulistas, sob a coordenação de Anna Muylaert).

Serviço: 11º Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo
20 a 27 de Julho de 2016

iniciativa: Ministério da Cultura / Lei Federal de Incentivo à Cultura
realização: Memorial da América Latina / Secretaria de Estado da Cultura e Associação do Audiovisual
patrocínio: Petrobras
correalização: Spcine e Sesc São Paulo
apoio cultural: Centro Cultural Banco do Brasil

locais e ingressos:
Memorial da América Latina
(tenda de projeções + espaço PETROBRAS de encontros)
Av. Auro Soares de Moura Andrade 664, portões 2 e 5, Barra Funda, tel (11) 2769.8098
entrada franca

Cinesesc
Rua Augusta 2075, Cerqueira César, tel (11) 3087.0500
R$ 10,00 (inteira), R$ 6,00 (meia entrada) e R$ 3,50 (comerciário)

Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Álvares Penteado 112, Centro, tel (11) 3113.3651
R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada, para estudantes, terceira idade e clientes do Banco do Brasil)

Circuito Spcine Lima Barreto (Centro Cultural São Paulo)
Rua Vergueiro 1000, Paraíso, tel (11) 3397.4002
R$ 8,00 (inteira) e R$ 4,00 (meia entrada)

Circuito Spcine Olido
Av. São João 473, Centro, tel (11) 3331.8399
R$ 8,00 (inteira) e R$ 4,00 (meia entrada)

Circuito Spcine Caminho do Mar
Av. Engenheiro Armando de Arruda Pereira 5241, Jabaquara, tel (11) 3396.5537
entrada franca

Circuito Spcine Meninos
Rua Barbinos 111, São João Clímaco, tel (11) 2945.2561
entrada franca

Circuito Spcine Perus
Rua Bernardo José de Lorena, s/nº, Pirituba, tel (11) 3915.8746
entrada franca

Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo
Rua Doutor Plínio Barreto 285, 4º andar, Bela Vista, tel (11) 3254.5618
R$ 15,00 (inteira), R$ 7,50 (meia) e R$ 4,50 (comerciários), inscrições através dos links

sexta-feira, 15 de julho de 2016

CANAL LIVRE REEXIBE ENTREVISTA COM HECTOR BABENCO

São Paulo, 15 de julho de 2016 - O Canal Livre deste domingo, dia 17, reexibe uma das últimas entrevistas de Hector Babenco, que faleceu na última quarta-feira. No programa, o cineasta relembrou a carreira, falou da sua obra mais autobiográfica - o filme "Meu Amigo Hindu" - e da própria morte.

A apresentação é de Ricardo Boechat e como entrevistadores estão na bancada os jornalistas Fernando Mitre, Sérgio Rizzo Gisele Kato.

Canal Livre vai ao ar aos domingos, à meia-noite, logo após o “Pânico na Band”. Saiba mais em http://www.band.com.br/canallivre/ e curta nossa página no Facebookhttps://www.facebook.com/assessoriaband

quinta-feira, 14 de julho de 2016

JASON BOURNE: MATT DAMON E VICENT CASSEL EM CENA DE PERSEGUIÇÃO EM LAS VEGAS BOULEVARD

NOVO VIDEO DE MAKING OF DO FILME TRAZ DEPOIMENTOS
 INÉDITOS DO DIRETOR E DE ALICIA VIKANDER
Pela primeira vez na história, a Strip de Las Vegas – avenida que corresponde a 6,7km da Las Vegas Boulevard – foi fechada para a gravação de um filme. Cercada pelos mais famosos cassinos e hotéis da cidade, a avenida foi cenário de uma das mais importantes cenas de perseguição de “Jason Bourne” (Jason Bourne), quinto longa na franquia de sucesso que traz Matt Damon como protagonista.   

Em vídeo inédito divulgado hoje pela Universal Pictures, o diretor Paul Greengrass e o elenco principal comentam sobre as filmagens em grande escala em Vegas. “Nós conseguimos permissão para assumir Las Vegas e fechar as ruas [...] o filme chega com a melhor perseguição de carros e eu sinto que fizemos belas tomadas”, diz Greengrass. Para assistir, clique aqui.
Matt Damon, que durante a cena dirige uma viatura policial, explica: “Os carros que estamos dirigindo [Bourne e Asset] são uma viatura da SWAT e uma da polícia. Portanto, muita força e energia estão em jogo”.

Com estreia marcada para 28 de Julho nos cinemas brasileiros, “Jason Bourne” conta com distribuição da Universal Pictures e marca o retorno da parceria entre Matt Damon e o diretor Paul Greengrass, responsável pela direção de “A Supremacia Bourne” e “O Ultimato Bourne”. A produção contará novamente com a participação da atriz Julia Stiles, em um elenco que traz Tommy Lee Jones e Vincent Cassel.     
                              

quarta-feira, 13 de julho de 2016

CAÇA-FANTASMAS ESTREIA NO IMAX PALLADIUM DIA 14 DE JULHO

Filme conta a história de quatro mulheres que buscam salvar Nova Iorque dos fantasmas 
Há quem não acredite em fantasmas. Mas para Erin, Abby, Jullian e Patty alguém está liberando os mortos e, por isso, Nova Iorque está cheia de fantasmas. Para salvar os cidadãos de um possível apocalipse, as quatro estudantes de Física da Universidade de Columbia se envolvem em muitas confusões ao criarem um grupo de combate aos fantasmas. O filme Caça-Fantasmas chega ao IMAX Palladium nesta quinta-feira (14 de julho), e envolve muita comédia, ação e ficção científica.

Serviço IMAX Palladium 3D
Local: IMAX Palladium (Av. Presidente Kennedy, 4121. Portão – Curitiba/PR).
Filme: Caça-Fantasmas
Estreia: 14/07/2016.


terça-feira, 12 de julho de 2016

AGNUS DEI ESTREIA NO BRASIL DIA 14 DE JULHO

Nesta quinta-feira, dia 14 de Julho, a Mares Filmes estreia nos cinemas brasileiros o drama AGNUS DEI (Les Innocentes), da cineasta e roteirista Anne Fontaine (Coco Antes de Chanel Gemma Bovery: A Vida Imita a Arte).

Um dos grandes destaques do Festival Varilux de Cinema Francês deste ano, o filme chegará aos cinemas das principais praças como São PauloSantosCampinasRio de JaneiroSalvadorPorto AlegreFlorianópolisFortalezaBrasília CuritibaBelo HorizonteMaceió Itaipava.

                                                       
AGNUS DEI
França - Polônia | 2016 | 100 min. | Drama

Título Original: Les Innocentes
Direção: 
Anne Fontaine
Roteiro: 
Anne Fontaine, Pascal Bonitzer, Sabrina B. Karine, Alice Vial  
Elenco: 
Joanna Kulig, Agata Buzek, Lou de Laâge
Distribuição: 
Mares Filmes

Sinopse: 
Polônia, dezembro de 1945. Mathilde Beaulieu, uma jovem médica da Cruz Vermelha encarregada de tratar sobreviventes franceses antes de serem repatriados, é chamada para socorrer uma freira polonesa. Relutante no início, concorda em ir ao convento, onde trinta freiras Beneditinas vivem afastadas do mundo exterior. Mathilde descobre que várias freiras, que engravidaram em circunstâncias dramáticas, estão a ponto de dar à luz. Aos poucos, surge entre a ateia e racionalista Mathilde e as freiras, ligadas às regras de sua vocação religiosa, relações complexas que aguçadas pelo perigo as tornarão cúmplices para um novo encontro com suas próprias vidas. SELEÇÃO OFICIAL SUNDANCE FILM FESTIVAL 2016. 

MUSICAL CARTOLA - O MUNDO É UM MOINHO

Ações de Empoderamento Negro ganham cada vez os palcos do país.

O Musical Cartola – O Mundo é um Moinho – é um espetáculo com estréia marcada para o dia 10 de setembrono Teatro Sergio Cardoso, em São Paulo. Atores negros vão contar a vida e a intimidade de Cartola– um ícone do samba e o fundador da Estação Primeira da Mangueira. Serão 30 apresentações e, a cada semana, um artista convidado participará do maior encontro do “mundo do samba”.
Foram 3000 inscrições, mais de 400 audições, 30 candidatos selecionados para a fase final que realizaram brilhantemente uma leitura do texto e, finalmente, os 18 atores escolhidos: Flávio Bauraqui, Vírginia Rosa, Hugo Germano, Adriana Lessa, Silvetty Montila, Augusto Pompeu, Edu Silva, Renata Vilella, Ivan de Almeida, Larissa Noel, Lu Fogaça, Andrea Cavalheiro, Grazzi Brasil, Flávia Saoli, Esdras de Lucia, Gabriel Vicente , Rodrigo Fernando e  André Muato.

O Espetáculo ganhou proporções maiores do que apenas uma peça teatral, se tornando uma grande Ação de Empoderamento dos Artistas Negros deste país. “Estamos cansados dos rótulos impostos pela sociedade, além de dar uma oportunidade de revelar novos talentos/atores e atrizes negros”, declara Jô Santana, idealizador e produtor do Projeto.
Os candidatos vieram de várias regiões do país e puderam demonstrar seus talentos durante as audições (ocorridas em maio deste ano) que aconteceram bem no “coração de São Paulo”, no Itaú Cultural, na Av. Paulista. “Não foi tarefa fácil, tamanha a qualidade artística apresentada”, afirma Artur Xexéoroteirista do Musical.

 Neta do compositor e diretora do Museu do Samba, Nilcemar Nogueira também integrou o grupo que avaliou os 400 candidatos de todo o Brasil, dentre os três mil inscritos para o Musical Cartola. Não vou conseguir descrever toda emoção que vivi nestes dias. Para mim e para todo o Brasil, será um presente poder contar a história de Cartola, meu avô, meu ídolo e minha referência”, declara Nilcemar.

No espetáculo, Cartola será vivido pelo ator Flávio Bauraqui e Dona Zica, mulher do compositor, será interpretada pela cantora Virgínia Rosa.

Cartola – O mundo é um moinho conta com um time de primeira linha. Roberto Lage assina a direção e encenação e a direção musical cabe ao maestro Rildo Hora.

MOSTRA DE CINEMA DESTACA DIVERSIDADE CULTURAL DA ESPANHA

             A Cinemateca de Curitiba apresenta de 12 a 17 de Julho o II Ciclo de Cinema Espanhol em Catalão, Euskera e Galego, que reúne filmes produzidos pelas comunidades autônomas da Espanha de maior identidade cultural e linguística – a Catalunha, o País Basco e a Galícia. Os filmes, todos premiados em importantes festivais, serão exibidos nas línguas originárias de suas regiões, com legenda em português. A promoção é da Embaixada da Espanha e do Instituto Cervantes, com o objetivo de mostrar a diversidade cultural do país.

Programação em Catalão  
Estella Cadente (2014, Histórico)
Stella Cadente nos leva ao ano 1871, quando o rei Amadeo de Saboya, nascido na Itália, chegou em Madri com o intuito de atualizar a Espanha, mas o país passava por um momento de grande desequilíbrio político, o que impedia que ele cumprisse o seu objetivo. Seu reinado foi breve, durou apenas três anos sombrios e misteriosos. A época entre o romantismo e a modernidade foi muito conturbada na Europa, em especial na Espanha.
VII Prêmios Gaudí 2015 – Melhor direção artística e melhor figurino.
Direção: Lluís Miñarro
Classificação: 18 anos
Horários: 12/07 às 19h e 14/07 às 17h

La mosquitera (2010, Drama, 95’)
Os integrantes de uma família de classe média urbana vivem presos no mundo construído por eles mesmos.  O filme mostra a luta de cada um deles para salvar aquilo que justifica a sua própria existência. Luís afronta a adolescência descobrindo mulheres e homens culpados e inocentes ao mesmo tempo.
SEMINCI 2010 Festival Internacional de Valladolid -- Espiga de prata de melhor filme e melhor interpretação feminina.
Festival 2-em-1 de Moscou - Prêmio do Júri.
Festival de Cinema Batumi (Georgia) – Melhor diretor. Festival Internacional de Antalya, Turquia – Prêmio da crítica. 32º Festival de Cinema Mediterrâneo de Montpellier 2010 (França) – Prêmio Antígona de Ouro ao melhor filme.
Direção: Agustí Vila
Classificação: 18 anos
Horários13/07 às 17h e 16/07 às 19h

Programação em Euskera  
Vacas (1992, Drama, 96’)
Ao longo de três gerações, as famílias Irigibel e Mendiluce mantêm uma rivalidade tortuosa, de ódio, violência e paixões viscerais. A história começa em 1875, no País Basco. Nas trincheiras da Terceira Guerra Carlista, um homem salva sua vida se fazendo de morto junto com os seus colegas na pilha de cadáveres.  A presença de uma vaca produz nele uma estranha impressão que virará uma obsessão. Em 1936, no começo da Guerra Civil Espanhola, a terceira geração das famílias parece reviver as histórias do passado.
Prêmios Goya Melhor Diretor Novel. Festival de Montreal: Prêmio Melhor Ópera Prima – Menção especial. Festival de Tokyo: Prêmio Gold Award
Direção: Julio Medem
Classificação: 18 anos
Horários: 12/07 às 17h e 17/07 às 19h

Donkey Xote (2007, Animação 3D, 84’)
Cansado da pacata vida que todos parecem levar em La Mancha, Rucio não hesita nem um segundo quando surge a oportunidade de viver uma grande aventura: o Cavaleiro da Meia-Lua desafiou Dom Quixote para um duelo sem precedentes. Agora, só falta convencer Rocinante, um cavalo folgado que prefere muita sombra e água fresca a sair galopando pelas planícies da Espanha. Mas esses aventureiros enfrentarão vários perigos nessa jornada, principalmente o misterioso cavaleiro Sinister.
Prêmios Goya –  Melhor Filme de Animação.
Direção: José Pozo
Classificação: Livre
Horários: 14/07 às 19h e 15/07 às 17h

Programação em Galego 
Também a chuva (2010, Drama Social, 104’)
Um descrente produtor de cinema e um jovem e idealista realizador viajam até a Bolívia para trabalhar em conjunto num ambicioso projeto cinematográfico sobre a chegada de Cristóvão Colombo à América, mas não imaginam o desafio que lhes espera quando rompe no país uma guerra entre o governo e as populações indígenas pelo controle e distribuição da água.
Festival de Berlin (Seção Panorama): Prêmio do público
3 Prêmios Goya: Ator de reparto (Elejalde), Música original e Diretor de Produção.
Prêmios Ariel: Melhor filme ibero-americano
Direção: Icíar Bollaín
Classificação: 7 anos
Horários: 15/07 às 19h e 17/07 às 17h

O Apóstolo (2012, Fantástico, 72’)
Após fugir da cadeia, Ramón começa uma nova aventura no intuito de resgatar um tesouro que foi escondido numa pequena e misteriosa aldeia da Galícia. As personagens que encontrará por lá protagonizam uma história de terror, humor e fantasia. Trata-se do primeiro longa-metragem espanhol produzido em stop-motion.
Cinema Horizontes Marselha – Melhor filme.
Festival de Annecy: Prêmio do Público
Animpact - Coréia-Japão-China: Melhor Filme. Festival de Monterrey - México: Melhor Filme. Expotoons - Buenos Aires: Melhor filme. Mostra de Lisboa: Prêmio do público e melhor trilha sonora.
Direção: Fernando Cortizo
Classificação: 7 anos
Horários13/07 às 19h e 16/07 às 17h

Local: Cinemateca de Curitiba – Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco.
Ingresso: Gratuito.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

TV CULTURA e TV É-PARANÁ RENOVAM ACORDO DE COOPERAÇÃO CULTURAL

Emissora paulista avança pelo Brasil, chega a mais de 2000 municípios e ganha conteúdo diversificado em sua programação

 A TV Cultura de São Paulo e a emissora educativa do governo do Paraná, TV É-Paraná, renovaram o acordo de cooperação cultural por mais cinco anos. Em visita à sede da TV paulista, no final do junho, o governador do Paraná, Beto Richa, oficializou a nova parceria ao lado do diretor presidente da Fundação Padre Anchieta, mantenedora da TV Cultura, Marcos Mendonça, do gerente responsável pela rede de emissoras afiliadas, Fábio Borba, e pelo presidente da É-Paraná, Sérgio Kobayashi.

O termo do acordo engloba a transmissão de programas da emissora paulista na educativa paranaense, cobertura jornalística e coprodução de programas. A parceria contempla ainda cooperação técnica e acertos sobre a multiprogramação, nos moldes da Univesp TV, modelo que já recebeu a atenção de sete universidades públicas do Paraná.
Com esta parceria, a programação da TV Cultura chega a 123 municípios paranaenses, alcançando uma população de cerca de 7,2 milhões de habitantes, o que representa mais de 70% da população do Estado.

Emissora avança pelo País
Outros 23 estados brasileiros recebem o sinal da TV Cultura. A cidade mais recente que passa a ter acesso à sua programação é Juiz de Fora, na zona da Mata Mineira. Em Goiás, o balneário turístico de Caldas Novas é mais um município recente a ter acesso à sua programação.

Presente nas cinco regiões brasileiras, hoje as atrações da TV Cultura chegam a mais de 2000 municípios e conta com 90 emissoras afiliadas e retransmissoras. Dentro desse quadro, cerca de 123 milhões de pessoas têm acesso ao seu sinal em canal aberto.

O avanço da TV Cultura em quase todo o território nacional permite criar mecanismos de maior integração com emissoras parceiras. Com isso, muitos programas mostram um retrato do que acontece fora dos grandes centros. Um exemplo é o programa Manos e Minas. Em sua nova temporada, além de tratar da cultura hip hop, agora também abre espaço para outras vertentes da arte de rua, como a poesia e o teatro, e traz iniciativas do gênero em diversas cidades brasileiras. Outro é o Metrópolis , que traz matérias de outros estados, como o Festival de Cinema de Gramado, no Rio Grande do Sul, entre outros eventos. Também o Repórter Eco enriquece seu conteúdo com reportagens sobre o meio ambiente de nossos diversos biomas, muitas vezes em cooperação com as emissoras afiliadas espalhadas pelo país.

Para se aproximar cada vez mais da rede de afiliadas, a emissora paulista está desenvolvendo mecanismos e recursos técnicos para auxiliar no compartilhamento de conteúdo.