domingo, 23 de novembro de 2014

MUSEU DA FOTOGRAFIA RECEBE MOSTRA HORIZONTES IMPORVÁEIS

Fotografia de: Kevin Weir 

O Museu da Fotografia, espaço administrado pela Fundação Cultural de Curitiba, recebe a partir da próxima terça-feira (25), a mostra “Horizontes Improváveis”. Realizada com o apoio do Fundo Municipal de Cultura – Edital de Ocupação de Espaços Museus,  a exposição é composta por obras de "gif art" de artistas brasileiros e estrangeiros que exploram novas formas estéticas e novas possibilidades narrativas. 

Segundo o curador da mostra, Tomás Von der Osten, a ideia é  trazer a arte digital para um ambiente de museu, orientando-se assim com as principais tendências das artes contemporâneas e, portanto, abrindo novos rumos para o contexto das artes na cidade de Curitiba. 
Entre os artistas estão Erdal Inci (Turquia), Max Capacity (Estados Unidos), Rick Silva (Estados Unidos), Kevin Weir (Estados Unidos), Fong Qi Wei (Singapura), Richie Hull (Inglaterra), Eduardo Montelli (Brasil), Matthew DiVitto (Estados Unidos), Gustavo Daher (Brasil), Matthias Brown (Estados Unidos), Adam Ferriss (Estados Unidos), Samantha Harvey (Inglaterra), David Ope (Hungria), Paolo Ceric (Croácia).

Atividade complementar - Além da exposição o público também poderá acompanhar no dia 16 de dezembro, às 19h, a palestra "Apropriação e Remix no Ambiente Online" com Arthur Tuoto. A atividade pretende contextualizar as relações estéticas e políticas entre imagens encontradas e obras de arte, tendo como principal foco a internet. 

Sobre o palestrante - Arthur Tuoto desenvolve uma obra em constante trânsito entre o cinema e as artes visuais, partindo de apropriações, imagens encontradas e outros deslocamentos imagéticos, a obra do artista busca, por meio da ressignificação de materiais pré-existentes, novas possibilidades na linguagem audiovisual, além de questionar conceitos de propriedade intelectual e autoralidade. Já teve trabalhos expostos no Moscow Museum of Modern Art (Rússia), Museu Oscar Niemeyer (Brasil) e Kunstmuseum Bonn (Alemanha), integrou a Videonale 14 (Alemanha), Bienal de la Imagen en Movimiento (Argentina) e o 64º Salão Paranaense (Brasil). "Aquilo que fazemos com as Nossas Desgraças" (2014), seu primeiro longa-metragem, estreou na Mostra Aurora da 17ª Mostra de Cinema de Tiradentes.

Serviço: Exposição “Horizontes Improváveis”
INÍCIO: 25/11/2014
TÉRMINO: 23/02/2015
HORÁRIO: 09 às 18 horas – segunda a sexta-feira / 12 às 18 horas - sábados e domingos
Ingresso: Gratuito

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

PARCERIA ENTRE FCC E ANCINE GARANTE VERBA PRA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL


Parceria entre FCC e Ancine garante R$ 2,5 milhões para produção audiovisual

A Fundação Cultural de Curitiba lançou nesta sexta-feira (21), em parceria com a Agência Nacional de Cinema – Ancine, o edital Produção Audiovisual FCC/FSA 2014/2015, que possibilitará o financiamento de projetos de telefilmes e obras seriadas no valor total de R$ 2,5 milhões. O aporte de recursos para o edital é feito pelo Fundo Municipal da Cultura de Curitiba (R$ 1 milhão) e pelo Fundo Setorial do Audiovisual (R$ 1,5 milhão). O formulário de inscrição e outras informações sobre o edital estão disponíveis no site da Fundação Cultural http://www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br/leideincentivo/aviso-017-14/. As inscrições encerram no dia 30 de dezembro.

O apoio financeiro será concedido para a produção de conteúdos audiovisuais de produtores independentes, não publicitários e preferencialmente em regime de coprodução internacional, no formato Produção de Telefilme e de Produção de Piloto de Obra Seriada. Dentro desses dois formatos, os recursos serão distribuídos em quatro categorias: piloto de obra seriada documental, piloto de obra seriada ficção, piloto de obra seria animação e telefilme de animação e ficção. Serão contemplados 20 projetos, sendo quatro de telefilmes e 16 de teleséries.  

Segundo o presidente da FCC, Marcos Cordiolli, o edital representa um avanço para o setor do audiovisual. “Demos mais um passo para incrementar a cadeia produtiva do audiovisual em Curitiba. Vamos continuar trabalhando ao lado das entidades de classe, produtores e cineastas para tornar Curitiba referência nesta área”, afirmou Cordiolli.

Para a presidente do Sindicato da Indústria Audiovisual do Estado do Paraná (Siapar), Laura Dias Dalcanale, o edital é um marco na história do audiovisual paranaense. “Esse edital estabelece uma porta aberta entre a FCC e a Ancine, fato fundamental para sustentabilidade e crescimento da nossa indústria. Aguardamos que a iniciativa privada e as TVs entendam a importância desta nova linha de fomento e invistam nos produtos criados aqui”, 

De acordo com a diretora de Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba, Maria Angélica da Rocha Carvalho, esse modelo de edital em parceria com o MinC já ocorreu com os Pontos de Cultura. Portanto, esse é o segundo edital que a Fundação Cultural lança com aporte financeiro de outros fundos. Para ter acesso aos recursos, a FCC participou da Chamada Pública 01/2014 do Fundo Setorial, aberta a instituições públicas que tinham interesse na suplementação de recursos para os seus programas de fomento. Para a região Sul, o edital de chamamento prevê a suplementação de uma vez e meia os valores aportados pelo órgão estadual ou municipal. “Com essa parceria, conseguimos aumentar o volume de recursos e com isso apoiar um número maior de projetos”, disse Maria Angélica.  

No processo de seleção, a análise de mérito das propostas será feita pelo Grupo de Análise Técnica, com especialistas na área de audiovisual, formado exclusivamente para o edital. Suas decisões serão depois ratificadas pela Comissão do Fundo Municipal da Cultura de Curitiba. A contratação do grupo técnico será feita pelo SESI, que ofereceu esse apoio em mais uma iniciativa para contribuir com o desenvolvimento do setor audiovisual.  

O SESI considera esse edital uma ação muito importante para a indústria audiovisual paranaense e por isso apoia a sua realização. É mais uma iniciativa que agrega ao que o SESI já vem trabalhando nas ações de desenvolvimento do processo criativo na área de audiovisual, além de outras atividades de formação de plateia e apoio em festivais da área”, destaca Anna Zétola, gerente de Cultura do SESI-PR.  

Para João Castelo Branco, presidente da Associação de Cinema e Vídeo do Paraná – AVEC, o fato de o edital privilegiar conteúdos para televisão estimulará uma maior profissionalização nesse mercado. À exceção de algumas experiências isoladas, hoje a maior parte do conteúdo para TV é produzido pelas próprias redes. “Certamente, no ano que vem, vamos experimentar uma profissionalização e uma melhor articulação dos produtores independentes. Portanto, o edital é algo muito importante nesse sentido”, disse.  

O presidente da AVEC acredita que esse tipo de parceria fará com que a produção audiovisual ingresse numa fase sem precedentes no país. “Essa forma de apoio à produção independente nunca havia acontecido, especialmente dentro de uma política de regionalização. Espero que esse edital continue no próximo ano, até para que possamos pleitear também os recursos estaduais”, afirmou.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

VII Festival de Cinema da Lapa
Uma das principais celebrações do cinema brasileiro será realizada na próxima semana, na histórica cidade da Lapa (PR)

Na próxima semana, entre os dias 25 e 29 de novembro, será realizado o VII Festival de Cinema da Lapa, na histórica cidade paranaense localizada na região metropolitana de Curitiba. Promovido pelo Instituto Histórico e Cultural da Lapa com realização do Ministério da Cultura, o evento é uma das principais celebrações do cinema brasileiro e reúne anualmente grandes referências do cenário audiovisual do país.

Apresentando diversas mostras especiais, que envolvem, por exemplo, curtas, documentários, filmes infantis e obras desenvolvidas por meio do celular, o Festival de Cinema da Lapa vai exibir gratuitamente mais de 50 filmes. Na programação do festival estão, entre outras, as mostras “Catapultas e Carrapatos" e "Banda dos Bichos Supermaluquinhos", séries de animação de Almir Correia; a exibição de documentários produzidos pelas  Oficinas do Projeto Cinema na Lapa; a mostra “Casos e Causos”, com filmes produzidos RPCTV (afiliada da Rede Globo no Paraná); a mostra “AVEC – Diretoras”, com filmes realizados por diretoras integrantes da Associação de Vídeo e Cinema do Paraná; a mostra Hors Concours, com diversos curtas-metragens paranaenses premiados ; a mostra "O Quadro", com filmes da produtora “O Quadro”; e mostras com filmes dos cursos de Cinema do Centro Europeu e da FAP/UNESPAR.

O grande destaque do evento ficará por conta da “Mostra Competitiva”, uma das mais acirradas do país, que vai premiar os grandes nomes do cinema nacional. Concorrem aos prêmios da “Mostra Competitiva” os filmes “Isolados”, de Tomas Portella; “A Estrada 47”, de Vicente Ferraz; “O Menino no Espelho”, de Guilherme Fiúza Zenha; e “Não Pare na Pista – A Melhor História de Paulo Coelho”, de Daniel Augusto. Os atores Bruno Gagliasso (Isolados), Daniel de Oliveira (A Estrada 47) e Mateus Solano (O menino no Espelho) estão na disputa pelo troféu de “Melhor Ator”. Já na categoria “Melhor Atriz”, entre as indicadas está a atriz Regiane Alves, que concorre como protagonista de dois filmes (Isolados e O Menino no Espelho).

Além das exibições audiovisuais, o Festival de Cinema da Lapa vai oferecer uma oficina especial com o crítico paulista e jornalista Celso Sabadin, que vai abordar em duas etapas o tema “A Formação da Cultura Caipira e o sucesso de Mazzaropi”; e apresentações musicais com artistas da região, que serão realizadas ao ar livre antes das sessões dos filmes. Na programação oficial de shows que serão realizados durante o evento estão nomes de destaque da música paranaense, entre eles Leo Fressato, compositor e interprete da canção “Oração”.

As exibições oficiais dos filmes do XII Festival de Cinema da Lapa, entre eles os filmes da “Mostra Competitiva”, serão realizadas gratuitamente no histórico Teatro São João (Praça General Carneiro, Nº 1890), um dos mais antigos e importantes endereços da cultura brasileira. O evento conta com patrocínio da Copel e do Caminhos do Paraná; parceria do Governo do Paraná, Prefeitura Municipal da Lapa e Itaipu Binacional; produção da Faculdade de Artes do Paraná (Unespar), Santa Bárbara Produções e Instituto Borges da Silveira; e apoio da Fecomércio - PR, Spa Lapinha, Hotéis Slaviero, Restaurante Expedito, Hotel Tropeiro da Lapa, Morais & Borges Produtora de Eventos, Panificadora Zeni, Geraldo do Valle Decorações e Deck 576.  A programação completa está disponível no site www.ihclapa.com.br.


Confira a programação completa do VII Festival de Cinema da Lapa:


25/11 (terça)

- 18h30 (Pousada Tropeira): Abertura da exposição "Lapa de Outrora". Fotos de Guilherme Glück com curadoria de Waltrauld Sekula.

 - 20h (Theatro São João): Cerimônia da Abertura do festival. Estreias de documentários produzidos pelas  Oficinas do Projeto Cinema na Lapa, realizado em parceria pelo Instituto Histórico e Cultural da Lapa e a FAP/UNESPAR. Exibição do videoclipe "Playing for Lapa - Corajosa Natureza", de Alex Caderari, e do curta "A Todos Que Fazem Nossa História", de Leandro Cordeiro. Estreia nacional do “Entre fotografias e tinteiros...", de Ederson Prestes Santos Lima e Maurício Baggio. Show com o músico Leo Fressato, compositor e interprete do maior sucesso recente da história musical do Paraná: a canção “Oração”, interpretada pela Banda Mais Bonita da Cidade.  

 

26/11 (quarta)


- 14h (Theatro São João): Mostra "Catapultas e Carrapatos" e "Banda dos Bichos Supermaluquinhos", séries de animação de Almir Correia.

- 16h (Theatro São João): Mostra “Casos e Causos”, com filmes produzidos pela RPCTV (afiliada da Rede Globo no Paraná) para a série “Casos e Causos”, exibida na Revista RPC.

- 18h (Palco da Praça General Carneiro): Show com a dupla Jared e Pilo.

- 20h (Theatro São João): Entrega do Diploma de Mérito para o cineasta Almir Correia pelo destaque nacional e internacional em cinema de animação. Mostra “Hors Concours”, com curtas-metragens paranaenses premiados. Mostra competitiva, com a exibição do filme "A Estrada 37”, de Vicente Ferraz, que conta com a atuação de Daniel de Oliveira, Francisco Gaspar, Júlio Andrade e Thogun.

27/11 (quinta) 


 - 14h (Theatro São João): Mostra "O Quadro" – Sessão 1, com filmes da produtora “O Quadro”, que tem se destacado pela qualidade de sua produção diversificada, com ênfase no cinema infanto-juvenil.

15h (Theatro São João): Oficina “A Formação da Cultura Caipira e o sucesso de Mazzaropi”, ministrada pelo crítico Celso Sabadin.

17h (Theatro São João): Mostra "Memória Cinefap", com Filmes premiados produzidos por alunos do Curso de Cinema e Vídeo da FAP/UNESPAR.

18h30 (Palco da Praça General Carneiro): Show Renatinho Metralhas Beatles Again - Clássicos 60 e 70.  

- 20h (Theatro São João): Mostra “Hors Concours”, com curtas paranaenses premiados. Mostra competitiva, com a exibição do filme “Não Pare na Pista – A Melhor História de Paulo Coelho”, de Daniel Augusto, interpretado por Júlio Andrade, Fabíula Nascimento e Ravel Andrade.

28/11 (sexta)

 

- 14h (Theatro São João): Mostra "O Quadro" – Sessão 2, com filmes da produtora “O Quadro”, que tem se destacado pela qualidade de sua produção diversificada, com ênfase no cinema infanto-juvenil.


 - 15h (Theatro São João): Oficina “A Formação da Cultura Caipira e o sucesso de Mazzaropi”, ministrada pelo crítico Celso Sabadin.

 - 17h (Theatro São João): Estreia no Paraná do documentário “Mazzaropi”, de Celso Sabadin, obra sobre a vida de Amácio Mazzaropi.

- 18h30 (Palco da Praça General Carneiro): Show com a banda Dazantinga (Pop Rock Internacional).

- 20h (Theatro São João): Mostra “Hors Concours”, com curtas paranaenses premiados. Mostra competitiva, com a exibição do filme “Isolados”, de Tomas Portella, interpretado por Bruno Gagliasso, Regiane Alves e José Wilker.  

29/11 (sábado)


14h (Theatro São João): Mostra “AVEC  - Diretoras”, com filmes realizados por diretoras integrantes da Associação de Vídeo e Cinema do Paraná.

 - 16h (Theatro São João): Mostra de Documentários do Curso de Cinema Centro Europeu.

 - 17h (Theatro São João): Exibição do Concurso de Curtas de Celular.

 - 18h (Theatro São João): Entrega do Diploma de Mérito para a produtora “O Quadro” pela qualidade do trabalho desenvolvido na área da produção infanto-juvenil. Mostra Hors Concours, com curtos paranaenses. Mostra competitiva, com a exibição do filme “O menino no espelho”, de Guilherme Fiúza Zenha, interpretado por Mateus Solano, Regiane Alves e Lino Facioli.

- 20h30 (Theatro São João): Cerimônia de premiação da Mostra Competitiva. Show com a banda Matarrales.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

TRANSPONDO DESEJOS EXPOSIÇÃO DE MAURICIO VIEIRA

“Transpondo Desejos”, de Mauricio Vieira

Exposição fotográfica em cinco atos apresenta coletânea iniciada no final da década de 1980.

A Galeria Portfolio, em Curitiba, apresenta a partir da próxima sexta-feira, dia 21 de Novembro, sua última exposição fotográfica individual de 2014, com a mostra Transpondo Desejos, do paulistano Mauricio Vieira. Ela é composta com mais de 81 imagens de diferentes tamanhos e suportes, capturadas desde o final da década de 80. Trata-se de uma coletânea de sua vivência como fotógrafo, dividida em cinco atos:

Primeiro ato: “Desejo de ser”. Trata do querer ser fotógrafo. Imagens do final dos anos 80 que estarão à disposição do espectador para adquiri-las não havendo reposição das mesmas. Esta ausência irá revelar outras imagens (de)compondo e (re)construindo. 

Segundo ato: “Desejo de iludir(se)”. Todos nós passamos por um momento onde queremos mostrar o que gostaríamos de ser. Neste caminho (des)cobrimos informações para que o espectador possa (re)criar imagens do seu próprio universo, como uma amálgama do tempo. 
Terceiro ato: “Desejo da homenagem”. A ação do tempo acelera o processo da lembrança guardada na memória, são as origens materializadas pelo cheiro do passado.

Quarto ato: “Desejo de transpor”. Entender que transpor não está em superar obstáculos, e sim refundar a matéria. Um trampolim para construção de janelas, portas e túneis na incansável busca pelo autoconhecimento. O mais interessante do processo foi identificar a paráfrase entre os “atos”, desde a “gênese” até hoje. 

Quinto ato: “Desejo de liberdade”. Saio da galeria para ocupar espaços abertos da escola, com elementos transitórios presente em minhas narrativas de épocas distintas, quando resgato fragmentos e imagens com um novo olhar propondo novas significâncias.    

O coquetel de abertura será a partir das 19 horas.  A exposição ficará aberta ao público até de 4 de Dezembro. A entrada é gratuita e aberta a todos os públicos.

Mauricio Vieira 
Mauricio Vieira faz parte do grupo de fotógrafos que trabalha com a experimentação de diferentes materiais, com grandes formatos e valores menores para aquisição, mas mantendo o mesmo conceito de tiragem reduzida e série limitada, tratando a fotografia como obra de arte, que ela é.

Ele é formado em Desenho Industrial na Universidade Mackenzie, em São Paulo. Em 1986, participou do "Núcleo Permanente de Formação em Linguagem Fotográfica", que resultou em uma exposição coletiva no MASP. No final da década de 80, migrou para a Direção de Arte e o Design Gráfico.

Em 2010, retomou seu sonho, a fotografia, participando de exposições individuais e coletivas em São Paulo e Curitiba. É pós-graduando em Fotografia na Universidade Tuiuti Paraná e coordenador do Núcleo de fotografia da Associação Profissional dos Artistas Plásticos do Paraná (APAP/PR).


Serviço: Exposição fotográfica Transpondo Desejos, de Mauricio Vieira
Abertura: 21/11, às 19 horas
Encerramento: 04/12.
Local: Galeria Portfolio. Rua Alberto Folloni, 634, Centro Cívico - Curitiba
Entrada: Gratuita. 
Visitação: de segunda a sexta-feira das 9h ao meio-dia e das 13h30 às 20h, e no sábado das 9h ao meio-dia. 

Informações: www.escolaportfolio.com.br  | 41-3252-2540.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

WORKSHOP FOTOGRAFIA DE SHOWS COM VINÍCIUS GROSBELLI



A Escola Portfolio lança neste final de ano mais uma grande opção de curso de curta duração. Direcionado a fotógrafos interessados em atuar na cobertura de shows e festivais musicais, será em Curitiba, de 18 a 21 de Novembro, e incluirá aulas teóricas e práticas. O workshop terá como ponto alto a atuação dos participantes em um show especial dedicado ao White Album, dos Beatles, na casa noturna John Bull, no bairro Centro Cívico. Lá eles terão a oportunidade de aplicar as técnicas para produção de imagens em ambiente com iluminação cênica e posicionamento em frente e sobre o palco.


Vinicius Grosbelli 
Apesar de não tocar instrumento algum, a música entrou na vida de Vinicius desde que ele se conhece por gente. Depois de se formar em publicidade, trabalhou na produção executiva de uma banda do cenário curitibano, o que lhe proporcionou muitos contatos na área. Fotografar shows foi um caminho natural, uma válvula de escape do cotidiano. Ele conta em seu currículo com a cobertura fotográfica de mais de 150 shows na capital paranaense.

Serviço: Workshop Fotografia de Shows, com Vinicius Grosbelli.
Quando: de 18 a 21 de novembro.
Onde: Portfolio Escola de Fotografia e John Bull, em Curitiba.
Informações: 41-3252-2540 e www.escolaportfolio.com.br.


quarta-feira, 12 de novembro de 2014

CARMEN O FILME DENTRO DA PROGRAMAÇÃO DA CORRENTE CULTURAL

Corrente Cultural recebe Festival Internacional de Cinema da Bienal


Em parceria com o Festival de Rathausplatz da Áustria, FICBIC exibe “Carmen” na Praça de Bolso do Ciclista

 Encerrando a programação de 2014, o Festival Internacional de Cinema da Bienal de Curitiba (FICBIC) traz pela primeira vez ao Brasil a experiência do Festival de Rathausplatz, que acontece anualmente em Viena no paço da capital austríaca. A exibição de Carmen será durante a Corrente Cultural no sábado (15) às 20h30 na Praça de Bolso do Ciclista.

O filme Carmen é uma produção de 2010 do diretor Andris Nelsons e revive a aclamada produção de Franco Zeffirelli da opera homônima de Georges Bizet. A obra conta a história de Carmen, uma protagonista transgressora que defende a liberdade de amar.

A Corrente Cultural 2014 acontece entre os dias 9 e 16 de novembro e neste ano traz 29 atrações selecionadas em edital da Fundação Cultural de Curitiba.

Sobre o Festival Internacional de Cinema da Bienal de Curitiba
Realizado há 20 anos dentro da programação da Bienal de Curitiba, o Festival Internacional de Cinema da Bienal de Curitiba (FICBIC) passa a ser anual a partir de 2014. Na programação, foram mais de cem filmes exibidos entre curtas, longas e documentários nacionais e estrangeiros em uma programação totalmente gratuita. Além dos filmes, o festival conta com seminários, workshop, exposição de arte e ações sociais levando o cinema às escolas públicas. O Festival Internacional de Cinema da Bienal de Curitiba 2014 é organizado pela Bienal Internacional de Curitiba em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura/Governo do Paraná, Prefeitura Municipal de Curitiba/Fundação Cultural de Curitiba, Universidade Federal do Paraná-UFPR e a Universidade Estadual do Paraná-UNESPAR/FAP e Ministério da Cultura do Governo Federal por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Serviço:  Exibição de “Carmen”, de Andris Nelsons (158’) – FICBIC 2014
Data: 15 de Novembro às 20h30
Entrada Franca
Local: Praça de Bolso do Ciclista - Rua Presidente Faria esquina com a Rua São Francisco
Patrocínio: Petrobras, Copel, Sanepar e TIM

Promoção: Gazeta do Povo, Mundo Livre FM e RPC TV 

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

EXPOSIÇÃO FINE ART PORTRAITS NA CARMESIM

A  exposição Fine Art Portraits tem o olhar estético de Victor Sálvaro


Esta semana inaugura no versátil e novo espaço Carmesim uma exposição de fotografias

O produtor curitibano Victor Sálvaro deu uma guinada profissional. Ao completar 40 anos de idade, em julho deste ano, começou o projeto Portraits, retratos de pessoas comuns como se fossem modelos. A exposição com o resultado destes meses de trabalho será aberta nesta quarta-feira (12), às 20h, na Carmesim Espaço de Arte e Cultura, em Curitiba. 



Ao todo são 72 fotografias. Entre os fotografados estão a ex-primeira dama Débora Dias, as artistas plásticas Janete Melh e Sandra Hiromoto, a cantora Michele Mara, a mezzo soprano Ariadne Oliveira, a arquiteta Maylin Ling, Sandro Percicotti, a jornalista Malu Mazza, Elisia Monareto, a apresentadora Valquiria Melnik, o produtor cultural Ricardo Trento, as diretoras de cinema Luciana Dias, Ana Johan, o cabeleireiro Riccardo Guerra, o produtor de teatro Áldice Lopes, os joalheiros Rodrigo e Marcelo Alarcon, a blogueira Fabbi Muricy, a advogada Débora Ling, as empresárias Claudete Matte, Fabiana Dotti, Julia Loyola, Rosemari Peron, Viviane Kaled entre outros.

Serviço: Fine Art Portraits
Abertura dia 12 de Novembro, às 20h
Carmesim Espaço de Arte e Cultura
Rua Dr. Faivre, 621, Residência Belotti, Curitiba.
Funcionando de segunda a sábado das 10h às 19h

* A exposição poderá ser visitada até o dia 4 de Dezembro. 


domingo, 9 de novembro de 2014

ENTRETODOS 7 - ANUNCIA OS VENCEDORES


ENTRETODOS  7 - Festival de Curtas de Direitos Humanos anuncia os vencedores em cerimônia no Centro Cultural São Paulo


O Entretodos – Festival de Curtas de Direitos Humanos anunciou na noite de sábado (08/11) os vencedores de sua 7° edição, em uma cerimônia de premiação realizada no Centro Cultural São Paulo. O festival exibiu 29 curtas em 57 pontos de cultura e educação da capital paulista.

Neste ano o prêmio de melhor filme pela votação do público foi para "Os Irmãos Mai”, de Thais Fujinaga, que também recebeu menção honrosa, melhor roteiro para “Jairboris”, de Lincoln Péricles; melhor filme eleito pelo Júri para “10/05/2012”, de Álvaro Andrade. Já o prêmio Educação em Direitos Humanos ficou para “Lady Burka”, de Pablo Morales de los Rios e Cidadania Cultural pra “Uma Casa, Uma Vida” de Raiz das Imagens.   Para completar o júri deu o Prêmio Visão Social para “Rolezinhos”, de Tiago Pereira. 

"10/05/2012"
O evento contou com a presença do secretário municipal de Direitos Humanos e Cidadania Rogério Sottili, da cineasta Tata Amaral,  do diretor de programação do Departamento de Expansão Cultural da Secretaria Municipal de Cultura Rafael Carvalho, da diretora do Cinesolar Cynthia Alário, entre outros.

O ENTRETODOS – Festival de Curtas Metragens de Direitos Humanos é realizado pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo (SMDHC) e pela Secretaria Municipal de Cultura (SMC), com o apoio da Secretaria Municipal de Educação (SME) e organizado pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP).

Confira abaixo os premiados:
- Melhor Curta-Metragem, por escolha do Júri Oficial: “10/05/2012”, de Álvaro Andrade

- Melhor Curta-Metragem, por escolha do Júri Popular: “Os Irmãos Mai”, de Thais Fujinaga



- Melhor Roteiro: “Jairboris”, de Lincoln Péricles

 - Visão Social: “Rolezinhos”, de Tiago Pereira

- Educação em Direitos Humanos: “Lady Burka”, de Pablo Morales de los Rios

- Cidadania Cultural: “Uma Casa, Uma Vida”, de Raiz das Imagens

- Menção Honrosa, pela categoria de Melhor Curta-Metragem: “Os Irmãos Mai”, de Thais Fujinaga.


sábado, 8 de novembro de 2014

FESTIVAL DE CINEMA JUDAICO NO SHOPPING NOVO BATEL

Realização da Comunidade Israelita do Paraná e a B´nai B´rith Paraná, festival destaca cultura judaica com a exibição de oito sessões de filmes nacionais e internacionais

Entre os dias 11 e 16 de Novembro, acontece em Curitiba o 4º Festival de Cinema Judaico, com exibições nas salas do Cineplex, do Shopping Novo Batel. O objetivo é fomentar a reflexão sobre os filmes que suscitem valores judaicos. A mostra, que este ano conta com oito filmes nacionais e internacionais, é uma iniciativa da B’nai B’rith de Curitiba e da Comunidade Israelita do Paraná e conta com apoio do Shopping Novo Batel.

A abertura do Festival de Cinema Judaico ficará a cargo do filme "Blumenthal", dirigido por Seth Fisher, no dia 11. Comédia ácida, "Blumenthal" narra conflitos familiares atuais após a morte de um escritor egocêntrico. A curadoria do festival é de Chris Goldenbaum e os ingressos custam R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia).

Para quem gosta do cinema mais experimental e estudantil, serão exibidos curtas-metragens da prestigiada faculdade Sam Spiegel, a mais importante formadora de cineastas de Israel. O belíssimo documentário "Dançando em Jaffa" mostra ao mundo um incrível projeto de dança entre crianças israelenses e palestinas. O também documentário "Estamos Aqui, Danken Got", das diretoras curitibanas Cintia Chamecki e Andrea Lerner, conta a história da imigração judaica ao Paraná.

Os outros filmes da mostra são "Brave Miss World", cuja temática é a questão do abuso sexual; "Acima e Allém", que traz a história do grupo formou o que viria a ser a fortíssima Força Aérea Israelense; "O Cardeal Judeu" que conta a história de um homem forçado a se converter ao cristianismo para sobreviver na Segunda Guerra e quase acabou se tornando papa; e "Sobrevivi ao Holocausto", com a emocionante história de Julio Gartner, que estará presente na exibição, juntamente com o diretor do filme, o paulistano Marcio Pitliuk.

Dia 11/11 (terça-feira)
20h30 - Blumenthal
EUA, 2013, 96 min., Ficção
Direção | Seth Fisher

Dia 12/11 (quarta-feira)
16h - Seleção de Curtas-Metragens da Sam Spiegel Film & Television School
Israel, Vários, 120 min.
Direção | Vários

20h - Dançando em Jaffa
Israel/ EUA, 2013, 87 min, Documentário
Direção | Hilla Medalia
Melhor Documentário - Randam Festival 2014

Dia 13/11 (quinta-feira)
16h - Estamos Aqui, Danken Got
Brasil, 2012, 84 min., Documentário
Direção | Cintia Chamecki, Andrea Lerner

20h - Brave Miss World
Estados Unidos, 2013, 92 min, Documentário
Direção| Cecilia Peck

Dia 14/11 (sexta-feira)
16h - Acima e Além
EUA/Reino Unido/Israel, 2014, 87 min, Documentário
Direção| Roberta Grossman

Dia 15/11 (sábado)
21h - O Cardeal Judeu
França, 2012, 90 min, Ficção
Direção | Ilan Duran Cohen
Prêmio de Público - Boston Jewish Film Festival 2013
Grande Prêmio - Festival de Luchon 2013

Dia 16/11 (domingo)
16h - Sobrevivi ao Holocausto
Brasil, 2014, 90 min, Documentário
Direção | Caio Cobra e Marcio Pitliuk
Com a presença do diretor Marcio Pitliuk e do sobrevivente Julio Gartner

Serviço: 4º Festival de Cinema Judaico
Data: de 11 a 16 de Novembro de 2014
Local: Cineplex - Shopping Novo Batel
Endereço: Al. Dom Pedro II, 255, Batel - Curitiba
Convites: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Mais informações: (41) 3538-6272.

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

VEM AÍ O 22º FESTIVAL MIX BRASIL EM SÃO PAULO


22° FESTIVAL MIX BRASIL DE CULTURA DA DIVERSIDADE ACONTECE DE 13 A 23 DE NOVEMBRO EM SÃO PAULO 
*** Mais de 150 filmes nacionais e internacionais  
*** Na abertura é o inédito “Algo a Romper”, vencedor do Festival de Roterdã e QueerLisboa
*** Pela primeira vez no Brasil a apresentação do espetáculo "Blood", criado pelo brasileiro Jean Abreu para o Royal Opera House de Londres
*** Destaque para a mostra Pioneiros do Cinema Homoerótico, homenagem aos cineastas Wakefield Poole e Peter de Rome, grandes contadores de histórias eróticas das décadas de 60, 70 e 80.

De 13 a 23 de Novembro São Paulo recebe o 22° Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade - maior festival LGBT da América Latina. O evento terá programação especial no Centro Cultural São Paulo (CCSP) - onde acontecerão exibições de filmes, teatro, música, leitura dramática, performances, dança e intervenções culturais, e também nas salas do CINESESC, Espaço Itaú de Cinema – Augusta e sessões open air.  Em toda a programação comunidade LGBT e simpatizantes pagam meia-entrada.

Algo a Romper. 
O longa, inédito, “Algo a Romper” (Something Must Break, Suécia/2014) de Ester Martin Bergsmark, vencedor do Festival Internacional de Cinema de Roterdã, Frameline Film Festival, Outfest e do Queer Lisboa, abrirá no dia 13 de Novembro, com a presença da diretora, o Mix Brasil 2014.  O filme conta a história da batalha pelo amor entre dois jovens, sendo um deles Sebastian, andrógino, e Andreas, que não é gay.

O Panorama Internacional, seção do evento dedicada à exibição de novas produções, apresenta longas-metragens e documentários que estão circulando em festivais internacionais de cinema e no circuito LGBT. Destaques para “Xenia” (Grécia, França, Bélgica/2014) de Panos H. Koutras, “Nan Goldin - Lembro do seu Rosto”(Alemanha, Austrália, Suíça/2013) de Sabine Lidl, “Mommy” (Canadá/ 2014) de Xavier Dolan, candidato a melhor filme estrangeiro pelo Canadá, que acompanha o comovente e complicado relacionamento entre uma mãe meio amalucada e seu filho adolescente hiperativo, que não consegue se controlar. Entre os documentários, está o indicado por Portugal para o Oscar de melhor filme estrangeiro. “E Agora? - Lembra-me” (Portugal/ 2013) de Joaquim Pinto. Convivendo com o HIV e a hepatite C há quase 20 anos, o diretor Joaquim Pinto documenta sua experiência por clínicas clandestinas onde, durante um ano, fez uso de drogas ainda não aprovadas para o tratamento do vírus.

Anagramas.
No circuito nacional, o Festival Mix Brasil traz uma novidade: o prêmio Coelho de Ouro para o melhor longa/média-metragem brasileiro. Os concorrentes são “Favela Gay” de Rodrigo Felha, “Castanha” de Davi Pretto, “Hipóteses - Entre o Amor e a Verdade” de Rodolfo Vázquez García, “Batguano” de Tavinho Teixeira, “Cássia” de Paulo Henrique Fontenelle, “Verona” de Marcelo Caetano, “Nova Dubai” de Gustavo Vinagre, “De Gravata e Unha Vermelha” de Miriam Chnaiderman, “Para Sempre Teu, Caio F.” de Candé Salles e“Gazelle – The Love Issue” de Cesar Terranova. Este último, que fará sua Première Mundial no Festival, conta a história de Paulo Araújo, comissário de bordo de 45 anos que se transforma em seu alter-ego Gazelle.

O Mix apresenta este ano sua maior seleção de curtas-metragens nacionais, escolhidos entre as mais de 300 inscrições recebidas em 2014. Entre a Mostra Competitiva e os programas especiais de curtas, mais de 50 trabalhos brasileiros reforçam a programação, que ainda conta com uma seleção especial de curtas britânicos e um programa para bears.
Quem Tem Medo de Vagina Wolf?

Vários convidados internacionais estarão na 22° edição do Mix Brasil. Entre eles, Guinevere Turner, atriz e roteirista americana de “Go Fish - O Par Perfeito” (EUA) de Rose Troche, vencedor do Teddy Bear do Festival de Berlim em 1994 e atriz de Quem Tem Medo de Vagina Wolf?”de Anna Margarita Albelo (EUA), ambos programados para esta edição do festival, Antony Hickling, diretor francês do longa Respirando FundoTodd Verow e Charles Lum, diretores do longa Dando No Couro (EUA) e de dois episódios de “Fucking Different New York” e “Fucking Different XXX”. O festival contando também com a presença especial de Colby Keller, artista, escritor,blogger, vlogger e porn star, ator do curta Zolushka (Cinderela)”.

O festival organiza ainda a mostra  Pioneiros do Cinema Homoeróticouma homenagem especial aos cineastas Wakefield Poole e Peter de Rome, grandes contadores de histórias eróticas das décadas de 60, 70 e 80. Recentemente redescobertos, seus filmes transitavam entre o artístico e o sexualmente explícito, em uma época em que a pornografia gay era considerada ilegal.

Mais uma vez o Mix Brasil traz diversas atrações que envolvem teatro, dança música, literatura, performances e novos talentos. Uma das grandes atrações deste ano é o espetáculo de dança contemporânea "Blood", do dançarino brasileiro Jean Abreu – que acontece nos dias 15 e 16 de novembro no CCSP. É a primeira vez que "Blood", criado por Jean, especialmente a pedido da Royal Opera House, uma das principais casas de espetáculos de Londres, se apresenta fora da Inglaterra.

Em “Blood”, Abreu dança sozinho em um palco onde são projetadas 25 imagens da icônica dupla de artistas plásticos britânicos Gilbert & George, criando a sensação de que ele está navegando dentro dos fluídos de seu próprio corpo – como sangue e urina. O espetáculo recebeu elogios de críticos de arte dos principais jornais britânicos, como o Guardian e o Sunday Times.

Outras atrações também estão confirmadas como as peças “Genet”, Baseado na obra de Jean Genet com texto de Zen Salles e direção Sergio Ferrara, a estreia nacional de “A Geladeira” do argentino Copi com direção de Nelson Baskerville e atuação de Fernando Fecchio,“Ou Você Poderia me Beijar” com Clara Carvalho, Claudio Curi e grande elenco, e os shows de Nicky Valentine, Daniel Peixoto, Rafael Vidalles e Adriano Cintra.

O irreverente Show do Gongo não poderia ficar de fora. As atrações serão submetidas ao júri popular e convidados comandos por Marisa Orth. Os interessados poderão se inscrever no balcão de credenciamento durante o festival ou até horas antes do início das gongadas, que acontece no dia 18 de Novembro no CCSP.

Com direção de João Federici e André Fischer, o 22° Festival Mix Brasil é realizado através do patrocínio e em parceria com aSecretaria de Cultura do Estado de São Paulo; Sabesp; Sesc, Secretaria Municipal de Cultura São Paulo; Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo através da Coordenação de Políticas LGBT e Centro Cultural São Paulo.

A programação completa do 22° MIX BRASIL DE CULTURA DA DIVERSIDADE estará disponível no site www.mixbrasil.org.br. 

PREÇOS:
CCSP – Centro Cultural São Paulo (cinema/ teatro e shows)
Gratuito a R$1,00
ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA (SALA 3) – Augusta
SEG - R$ 22,00 (inteira) e R$ 11,00 (meia) - Comunidade LGBT e simpatizantes pagam meia
TER – R$ 18,00 (inteira) e R$ 9,00 (meia) - Comunidade LGBT e simpatizantes pagam meia
QUA – R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) Comunidade LGBT e simpatizantes pagam meia
QUI a DOM e FERIADOS – R$ 27,00 (inteira) e R$ 13,50 (meia) Comunidade LGBT e simpatizantes pagam meia
CINESESC
SEG a QUI - R$ 16,00 (inteira) e R$ 8,00 (meia) - Comunidade LGBT e simpatizantes pagam meia
SEX a DOM - R$20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) - Comunidade LGBT e simpatizantes pagam meia
Show do Gongo
R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) –  Meia entrada somente com carteirinha ou comprovante que dê esse direito.

Serviço: 22° Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade
São Paulo – 13 a 23 de novembro
Mais Informações: www.mixbrasil.org.br