quarta-feira, 18 de maio de 2011

O CORO de WERNER SCHUMANN

21ª edição do Cine Ceará será realizada do dia 8 a 15 de junho, em Fortaleza. Lista inclui nove longas e 12 curtas-metragens na disputa pelo prêmio.
Dos nove longas-metragens na competição, três são brasileiros: O Coro, de Werner Schumann, será exibido na abertura.

O Coro é um drama que acompanha a vida de alguns personagens durante o ensaio de uma orquestra sinfônica no sul do Brasil. Com sutileza e poesia, o filme faz um retrato da sociedade curitibana, mostrando os conflitos existenciais de cada personagem e de como a arte os une em suas diferenças e de certo modo os redime existencialmente.

O filme foi um dos vencedores do Prêmio Estadual de Cinema e Vídeo da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná, em 2004. O projeto previa uma versão para TV – que ficou pronta em 2005 e permaneceu inédita – e uma versão para cinema que foi produzida na Europa e finalizada em 2010.

O Coro teve uma exibição especial em Berlim, promovida pelo Studio Mitte e pela Deutsche Welle, e Première no Festival de Mar del Plata na Argentina, em 2010.
Werner Schumann. Ficção. 92min. HD. PB. Brasil/Reino Unido. 2010.

WERNER SCHUMANN: Diretor teuto-brasileiro, nascido em 1965, estudou fotografia, roteiro e montagem nos anos 80 e começou sua carreira dirigindo filmes experimentais em super-8. Na década de 1990 dirigiu Pioneiros do cinema, De bona-caro nome (documentário com a participação de José Wilker), Ervilha da fantasia (documentário sobre o poeta Paulo Leminski), além de curtas-metragens experimentais como VOLK!, Trabalho de parto e O poeta e a rainha exibidos e reconhecidos em vários festivais no Brasil e no exterior. Em 2001, coproduziu e codirigiu a comédia romântica Onde os poetas morrem primeiro, seleção oficial Chicago Latino Film Festival (EUA), Seleção Oficial Cine Ceará (Brasil). Sol na neblina (2009) foi selecionado para o programa Cinema em Construção no Festival Internacional de San Sebastian, entre outros, e ganhou o prêmio TVE dado pela Televisão Espanhola. O coro (2010) teve sua estreia no prestigioso Festival de Mar del Plata em 2010 na Argentina.

FILMOGRAFIA
O coro (2010), longa-metragem
Sol na neblina (2009), longa-metragem
Onde os poetas morrem primeiro (2001), longa-metragem
Pioneiros do cinema (1995), Telefilme
De bona-caro nome (1990), curta-metragem
O poeta e a rainha (1986), curta-metragem
Ervilha da fantasia (1985), curta-metragem

FICHA TÉCNICA:
Direção e produção: Werner Schumann
Roteiro: érico Beduschi e Werner Schumann
Produção executiva: Geraldo Pioli, Willy Schumann, Mônica Drummond
Coprodução executiva: Antônio Spina Filho, Sérgio Iacovone
Direção de fotografia: Felipe Meneghel
Edição: Iuri Fonseca, Thomas David
Direção de arte: Zenor Ribas
Som direto: Roberto Carlos de Oliveira, Bruno Hack
Sound design: Sven Serfling
Mixagem: Jörg Höhne
Coprodução: Willy Schumann
Produção: Schumann Brothers (Reino Unido) Irmãos Schumann Ltda (Brasil)
Elenco: Sílvia Monteiro, Emanuel Martinez, Paulo Barato, Lala Schneider, Célia Ribeiro Alves, Claudete Pereira Jorge, Orlando Pinheiro, Dimas Bueno, Edi Canedo, Jeferson Mello, Lea Albuquerque, Yara Marçal, Patrícia Saravy, Márcia Kaiser, Fátima Castilho, Marcos Lisenberg, Coro e Orquestra Nova Filarmônica.

FESTIVAIS E PRÊMIOS: Seleção oficial – Mar del Plata Film Festival. 2010.

2 comentários:

Marcia Kaiser disse...

Ótimo vê-lo noticiando sobre a gente da nossa terra. Obrigada.

http://www.marciakaiser.blogspot.com/

Alice Varajão disse...

Olá Márcia,
Dedico metade do meu dia a isso. Vivo e trabalho em Curitiba há 28 anos. Conheço os irmãos Shulmann e uma alegria poder postar boas novas.

Aceda a http://alicevarajao.blogspot.com
e em breve nova versão do site
www.alicevarajao.com.br

Obrigada pela visita, Alice