quarta-feira, 3 de março de 2021

ELITE FILMES DIVULGA TRAILER DE "A POUCOS PASSOS DE PARIS"

 

Longa estreia no Cinema Virtual em 18 de Março   

 

 

 

A Elite Filmes acaba de divulgar o trailer de “A Poucos Passos de Paris”, comédia francesa que conta a história de Sidonie, uma aeromoça que volta a sua cidade natal para descobrir o pai da sua filha já adolescente, Lolo. O filme é dirigido por Virginie Verrier, responsável também pelo roteiro junto com Shirley Bousquet. No elenco estão Erika Sainte (Sidonie), Matilda Marty-Giraut (Lolo), entre outros atores. O longa estreia com exclusividade no Cinema Virtual em 18 de Março.

 

Para assistir ao trailer, clique aqui 

 

  • A Poucos Passos de Paris (À 2 heures de Paris) Comédia - França

 Sidonie, uma jovem aeromoça, cria sua filha de 15 anos, Lolo, sozinha, pois o pai é desconhecido. Em um esforço para satisfazer a crescente curiosidade de Lolo sobre suas origens, Sidonie a leva para sua cidade, Somme Bay, em busca de pais em potencial. O objetivo da viagem: roubar um fio de cabelo de cada um dos homens que Sidonie se relacionou para fazer um teste de paternidade. Há cinco pais em potencial: um mecânico melancólico, um playboy entediado, um ex-campeão de futebol local, um dono de boate e um médico rural mulherengo - cinco homens que abrem as portas de suas vidas. Cinco homens, cinco memórias, cinco confrontos com o passado, cinco encontros inesperados.

 

O Cinema Virtual é uma plataforma de streaming desenvolvida em parceria com os cinemas que traz a experiência das salas de exibição para dentro de casa. Com estreias sempre na quinta-feira, o Cinema Virtual exibe produções inéditas e exclusivas que chegam a todo Brasil, inclusive a cidades que ainda não contam com salas de cinema. Para assistir aos filmes, o público pode acessar a plataforma pelo NOW ou escolher a sala de exibição preferida em www.cinemavirtual.com.br e realizar a compra do ingresso. O filme fica disponível durante 72 horas para até três dispositivos.

 
#cinemavirtual #elitefilmes #trailer #lançamento #Now #ClaroNow #APoucosPassosDeParis

    

terça-feira, 2 de março de 2021

NÚCLEO DE PROJETOS AUDIOVISUAIS DE CURITIBA ABRE INSCRIÇÕES

                           ABRE INSCRIÇÕES PARA A EDIÇÃO 2021 

Roteiristas de Séries, de Longas e de Curtas poderão inscrever seus projetos de 2 a 26 de Março. A participação é gratuita. 

            Apesar dos desafios, 2020 foi um ano de expansão para o NPA – Núcleo de Projetos Audiovisuais de Curitiba. As limitações impostas pelo isolamento social felizmente não impediram a realização do projeto. Os encontros foram todos online e bem produtivos. O amplo alcance da internet possibilitou não só um maior número de participantes nos eventos abertos promovidos pelo Núcleo, como oportunizou a participação de pessoas de diversos estados do Brasil e também do exterior. O saldo positivo trouxe novidades para a Edição 2021, que seguirá online, além de receber projetos de séries e de longas, este ano o NPA irá abrir também um grupo para roteiristas de curtas desenvolverem suas ideias, neste caso as vagas serão voltadas para realizadores da periferia ou em início de carreira. Serão 24 vagas para séries e longas e 12 para curtas. As inscrições são gratuitas e estão abertas de 02 a 26 de março, no site: www.tambormultiartes.com 


        “A cada ano, aprendemos algo, localizamos uma demanda ou tendência que buscamos atender na edição do ano seguinte. Essa é a vantagem de ter um projeto contínuo. O novo Núcleo de Curtas, por exemplo, vem para atender realizadores e roteiristas que estão construindo um campo estético e temático próprios e precisam de um formato de produção mais acessível e ágil. O processo de desenvolvimento, viabilização, produção e distribuição de um curta-metragem é possível em um a dois anos, enquanto que longas e séries demandam muito mais tempo, além de exigirem um portfólio, que é, em geral, preenchido inicialmente por alguns curtas-metragens”, comenta Marcelo Munhoz, um dos coordenadores do Núcleo. 


        Os selecionados de Longas e Séries terão encontros mensais, de abril a setembro e os de Curtas encontros quinzenais, de abril a junho, com os orientadores dos projetos. São eles: Daniel Tavares, roteirista e professor da renomada escola de cinema latino-americana, EICTV-Cuba; Laís Melo, roteirista, diretora, diretora de arte e educadora em cinema e Renata Sofia, autora e roteirista da TV Globo.   A cada encontro os orientadores, de forma individual, direcionam os participantes em prol de melhorias dos projetos inscritos, pretendendo que, ao final, tenhamos roteiros prontos ou argumentos muito bem desenvolvidos. 

        Além dos projetos selecionados, o NPA disponibiliza, abertas ao público, mediante inscrição, masterclasses com assuntos acerca do fazer audiovisual. Ao longo deste ano serão oferecidas cinco (5) masterclasses. A primeira será a Masterclass de Roteiro para Curtas-Metragens com Laís Melo, prevista para o dia 13 de Março. O objetivo será investigar as estruturas das histórias, como escrever em imagens e roteirizar as ideias, as etapas de desenvolvimento, criação dos personagens e pensar sobre a importância do curta como processo de amadurecimento do olhar e caminho para entrada no mercado cinematográfico. 

 

     Ainda em Março, dia 20, o Núcleo irá oferecer a Masterclass de Roteiro com Daniel Tavares. Nesta masterclass, Tavares vai apresentar uma metodologia de análise da articulação entre drama e tema nas premissas norteadoras de um projeto de ficção e relacionar os três ângulos da dramaturgia audiovisual e seus paradigmas: estruturas, personagens e gêneros dramáticos.  


        Em Abril, dias 10 e 17, está programada a Masterclass de Séries com Camila Agustini, roteirista e script doctor formada pela EICTV-Cuba, com passagem pela Concordia University (Canadá), por meio do Emerging Leaders in the Americas Program. A aula vai tratar os principais temas relacionados à escrita de narrativas seriadas tais como conceito, premissa, formatos, universo, motor, personagens, estrutura, arco da temporada, tramas, piloto, episódios e bíblia, além de questões relativas ao trabalho coletivo desenvolvido nas salas de roteiro. 

        A inscrição para todas elas será aberta e gratuita pelo site www.tambormultiartes.com, com vagas limitadas.  


      O NPA é o desdobramento e a consolidação de Núcleos de Desenvolvimento já realizados anteriormente pela Tambor Multiartes desde 2012, em iniciativas que já contribuíram para a formação de mais de 160 roteiristas e realizadores audiovisuais, com pitchings simulados, mostras de projetos, encontros de orientação para inscrição em editais, além de palestras e outras capacitações para seus participantes. Muitos destes projetos já tiveram desde roteiros aprovados em editais de desenvolvimento até filmes em produção ou que se encontram em fase de distribuição. A finalidade do Núcleo é tornar-se referência na área audiovisual no Brasil oferecendo um processo de excelência de longo prazo focado no aprimoramento de talentos em elaboração de argumentos, roteiros e projetos audiovisuais. 


        A cada ano sentimos um amadurecimento das propostas, das discussões. Isso se mostra nas inscrições, no processo e nos resultados. Com a concentração das janelas de exibição nas mãos de um grupo cada vez menor de corporações, vivemos uma luta feroz por espaço e atenção do público. Temos a percepção de que o enfrentamento dessa situação passa, de um lado, por compreender o que está sendo produzido e visto, e, de outro lado, estar cada vez mais atento às questões locais e vozes que expressam essas questões de forma viva e sensível. Há aí um equilíbrio que possibilita um campo de produção e distribuição sustentável e de fato relevante”, comenta Marcelo. “É importante ter em mente que o se produz no audiovisual hoje tem um papel importante na construção do campo simbólico que está regendo e vai reger nossas escolhas como sociedade. Sentimos que o NPA deve ser, através da discussão e da poética próprias do audiovisual, um espaço de fortalecimento e respeito à diversidade e a novos protagonismos, mas também um espaço de acolhimento”, completa. 


        Assim como no ano passado, a Mostra Final dos projetos desenvolvidos na edição 2021 será realizada à distância, em um formato similar ao de um pitching, possibilitando aos participantes a apresentação dos seus projetos às principais produtoras de cinema e players do país e abrindo espaço para parcerias e coproduções.  

Projeto realizado com o apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba. Incentivo: Barigui Veículos e Heads 


Sobre a Tambor Multiartes: 

O NPA é uma inciativa da Tambor Multiartes e teve origem no Núcleo de Dramaturgia Cinematográfica do SESI/PR e no Núcleo Audiovisual SESI/PR que formou roteiristas e ajudou a desenvolver projetos de 2012 a 2015. O Núcleo de Crítica de Cinema em 2016 veio consolidar a formação de pensamento sobre a realização audiovisual. Outro projeto realizado pela Tambor foi o Ficção Viva que trouxe importantes cineastas ibero-americanos para ministrar oficinas de roteiro em Curitiba, como Karim Aïnouz, Kleber Mendonça, Guillermo Arriaga (México), Lucrecia Martel (Argentina) e Pedro Costa (Portugal).  

Marcelo Munhoz, um dos coordenadores do NPA, além de fundador da Tambor, foi um dos idealizadores do Projeto Olho Vivo que realizou o Ponto de Cultura Minha Vila Filmo Eu, trabalho de ensino de cinema na Vila das Torres, em Curitiba, que obteve reconhecimento nacional. A Tambor Multiartes realizou ainda o documentário A Grande Nuvem Cinza, com direção de Marcelo Munhoz. Para saber mais visite o site: www.tambormultiartes.com 

 

Sobre os Orientadores e Ministrantes das Masterclasses: 


DANIEL TAVARES
(orientador e ministrante da Masterclass de Roteiro) 

Roteirista, graduado pela UFRJ e pela Escuela Internacional de Cine y Televisión de San Antonio de los Baños/EICTV, Cuba e mestre em Estudos Latino-americanos pela Universidade Federal da Integração Latino-americana/UNILA. Coordenou a cátedra do curso regular de Roteiro da EICTV entre 2011 e 2013. Participou em laboratórios de desenvolvimento como consultor (Nuevas Miradas, 34o Festival de Cinema de Havana, 2012) e como coordenador (I Festival Latino-americano de Cinema 3 Margens, Foz do Iguaçu, 2017); bem como em comissões técnicas de avaliação de projetos de longa-metragem em editais regionais brasileiros (Funcultura, Pernambuco, 2015; FAC, Distrito Federal, 2016; Polo de Cataguases, Minas Gerais, 2019). Atualmente, mantém atividades docentes no Brasil (Porto Iracema das Artes/CE e Universidade de Fortaleza, UNIFOR) e em Cuba (Curso Regular de Roteiro, EICTV). Em paralelo aos Núcleos Criativos dos quais participa (Muiraquitã Filmes/SP, 2016; Cinema Inflamável/CE, 2017; Videofilmes/RJ, 2018-2020) e as consultorias profissionais de roteiro para ficção e documentário, escreve e desenvolve projetos em parceria com roteiristas, produtorxs e diretorxs do Brasil e das mais diversas latitudes da América Latina. 

 

RENATA SOFIA (orientadora) 

Roteirista da TV Globo. Autora e roteirista dos longas originais "MC Estrela" em pré-produção pela Kromaki e “Dunas do Abaeté”, selecionado para o 10˚ Laboratório Novas Histórias Sesc. Dramaturga colaboradora da peça “A protagonista”, roteirista colaboradora da série infantil “Detetives do Prédio Azul” (12 e 13 temporadas); desenvolvimento de série de humor para Netflix; piloto de sitcom inédito pro canal Multishow; das séries de ficção em desenvolvimento “Ladrão que Rouba Ladrão”, “Paixão FC”, “Sonhos Suburbanos” e “Dissonantes”; das séries animadas “Arabela”, “Get Along Gang” e do desenvolvimento do Núcleo Criativo da 2Dlab. Participou do painel “Afrobrasilidades” com o projeto original de série infantil "O Laboratório do Porão" no Rio Content Market 2017. Selecionada para o 1º Laboratório de Narrativas Negras para o Audiovisual - Flup, Film2B e TV Globo. Formada pela UERJ em Comunicação Social, trabalhou por quatro anos na TV Globo como produtora de conteúdo web. 


 

LAÍS MELO (orientadora e ministrante da Masterclass de Roteiro para Curtas-Metragens) 

Roteirista, diretora, diretora de arte e educadora em cinema. Em 2017 estreou seu primeiro filme, “Tentei”, que percorreu festivais de cinema, ganhando alguns prêmios, incluindo o de melhor filme, fotografia e atuação no 50º Festival de Cinema Brasileiro, em Brasília (DF). Agora finaliza seu segundo curta-metragem autoral, “Me deixei ali”; desenvolve o projeto de longa-metragem ficcional “Histeria”, contemplado no Edital de Produção e Desenvolvimento de Obras Audiovisuais 2019; e o projeto "Filmes-Cartas para o futuro", para a National Geographic, onde atua como co-roteirista e co-diretora. Laís foi diretora assistente do longa-metragem "Deserto Particular", com direção de Aly Muritiba e diretora de arte na série “Fim de Comédia”, dirigida por Jéssica Queiroz; no longa “Tantas Almas”, dirigido por Nicolás Rincón; na série “É Nóis por Nóis”, dirigida por Aly Muritiba e Jandir Santin; além de diversos curtas-metragens. 

 

CAMILA AGUSTINI (ministrante da Masterclass de Séries) 

Roteirista e script doctor formada pela EICTV-Cuba com passagem pela Concordia University (Canadá), por meio do Emerging Leaders in the Americas Program. Participou do Talent Campus da Berlinale no Festival de Guadalajara e no Bafici, do Docs Accelerator no HotDocs e do Taller Andino do Ibermedia. Seu roteiro de longa "O Homem Descalço" venceu o Festival Guiões em 2014. Atuou no desenvolvimento de vários projetos transmídia da TV Globo onde também foi analista de projetos de filmes e séries. Escreveu diversos roteiros de longa-metragens e projetos de séries, tendo trabalhado com Karim Ainouz, Guillermo Arriaga, Marcos Schechtman, Ana Luiza Azevedo, entre outros. Como consultora de roteiro já atuou em mais de 20 projetos no Brasil e no exterior (Canadá, Colômbia, Costa Rica, Equador, Espanha e Uruguai). Foi mentora da Incubadora Paradiso. Atualmente é chefe de sala em uma série em desenvolvimento para a Amazon. É produtora associada do FRAPA (Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre)

 

SERVIÇO:  

Lançamento do Núcleo de Projetos Audivisuais de Curitiba – NPA - Edição 2021 – Abertura de inscrições 

Data: de 2 a 26 de Março 

Inscrições: www.tambormultiartes.com 

 

Masterclass de Roteiro para Curtas-Metragens (online) 

Data e Horário: 13 de Março, das 10h às 12h e das 14h às 16h 

Ministrante: Laís Melo 

 

Masterclass de Roteiro (online) 

Data e Horário: 20 de Março, das 10h às 12h e das 14h às 16h 

Ministrante: Daniel Tavares  

 

Masterclass de Séries (online)  

Data e Horário: 10 e 17 de Abril, das 10h às 12h. 

Ministrante: Camila Agustini 

Todas serão gratuitas / com vagas limitadas 

Inscrições: www.tambormultiartes.com 

 


segunda-feira, 1 de março de 2021

STEVE McQUEEN - THE KING OF COOL no CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL

Steve McQueen – The king of cool 

Referência no cinema, nas artes e na cultura pop, Steve McQueen ganha importante retrospectiva no CCBB em março

De 3 de Março a 5 de Abril, o Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro apresenta a mostra Steve McQueen – The king of cool, que abaliza a trajetória de um dos principais fenômenos da indústria cinematográfica de todos os tempos, influenciando uma leva de atores e também artistas da música e da animação, e que comemoraria 91 anos (dia 24 de Março) - a mostra seria inicialmente em 2020 para celebrar os 90 anos do ator, mas por conta da pandemia não ocorreu. Sob curadoria do jornalista, crítico e diretor de cinema Mario Abbade e produção da BLG Entretenimento, a mostra exibirá 29 produções, entre filmes e documentários, sobre o astro. Além da filmografia, apresentada em sessões presenciais no formato digital, haverá também na programação atividades online como debate, aula magna, palestra, lives e sessões com recursos de acessibilidade (audiodescrição, legenda descritiva e interpretação em libras).  E ainda um plus: playlist no app spotify com as músicas dos filmes estrelados por McQueen. Todas as sessões presenciais, as atividades online e o o acesso aos filmes com acessibilidade serão gratuitos. A mostra ainda passa pelos CCBBs Brasília e São Paulo, o projeto é patrocinado pelo Banco do Brasil. 

Apelidado de ‘The king of cool’ (em português seria algo como ‘rei dos descolados’), Steve McQueen (04/03/1930 - 07/11/1980) é lembrado por seus personagens icônicos e seu estilo único. O ator ficou marcado por papéis de anti-heróis no cinema, como o ladrão de luxo Thomas Crown, o policial Frank Bullitt e o jogador de poker Cincinnati Kid. Desta forma, virou uma espécie de símbolo da contracultura nos Estados Unidos, em oposição aos mocinhos tradicionais do cinema. O talento de McQueen, porém, não se limitava a atuar: ele foi um grande ícone da moda masculina que influenciou milhões de homens ao longo de décadas. 

Realizar uma mostra que reunirá os 26 filmes estrelados por McQueen – com direito a 3 documentários sobre sua vida e obra - é proporcionar ao público carioca a chance de (re)ver, analisar e discutir a importância de Steve McQueen e seu estilo de atuação para o cinema e outras artes. Entre os filmes que serão exibidos estão ‘Sete homens e um destino’, ‘Fugindo do Inferno’, ‘Crown, o magnífico’, ‘Bullit’, ‘Papillon’, ‘Inferno da torre’, entre outros petardos. Os documentários ‘Steve McQueen’ (Steve McQueen: Man on the edge), de Gene Feldman, ‘Eu sou Steve Mcqueen’ (I am Steve Mcqueen), de Jeff Renfroe, e ‘Steve McQueen: A essência do formidável’ (Steve McQueen: The essence of cool), de Mimi Freedman estão na programação. A importância da mostra se mede não só pelo grande público fã de McQueen no mundo, mas também admiradores de cinema em geral, haja vista que o ator foi dirigido por importantes cineastas como Robert Wise, Sam Peckinpah, Peter Yates, Norman Jewison, John Sturges, Don Siegel, entre outros. 

Segundo o curador, a mostra Steve McQueen – The king of cool serve tanto ao estudo da arte cênica quanto à análise de um fenômeno da cultura. “O ator faz parte de uma linhagem de nomes que constituem marcos da arte dramática, e é preciso que a sua filmografia seja observada e analisada sob essa perspectiva”, avalia Mário Abbade. Nomes do cinema como Colin Farrell, Kevin Costner, Pierce Brosnan e Bruce Willis o apontam como herói e inspiração para se tornarem atores. A lista de citações sobre McQueen vai longe: inclui longa de Tarantino e muitos outros filmes, livros, a animação “Os Simpsons” e o seriado “House”. O ator foi citado em listas de importantes revistas como a Premiere e a Empire como uma das maiores estrelas do cinema de todos os tempos. “McQueen era um ícone tão forte que se sentiu à vontade para dizer não a diretores como Coppola, Spielberg e Milos Forman, recusando convites milionários e papéis com que outros profissionais sonhavam, como os de Apocalypse Now e Um estranho no ninho”, diz Abbade.

O reflexo da influência de Steve McQueen na cultura também pode ser medido no mundo da música. Os Rolling Stones falam dele em “Star star”. Sheryl Crow compôs a canção “Steve McQueen” homenageando o ator. Outra letra em tributo ao king of cool, que também leva seu nome, é a da banda Drive-By Truckers, que anuncia o que ele significou para muita gente: “Quando eu era menino, eu queria crescer para ser Steve McQueen”, diz a letra. McQueen também é citado em músicas de artistas consagrados como Leonard Cohen, R.E.M., Beastie Boys, Blur, Boy George e Elton John, entre muitos outros, e deu nome a um disco da banda Prefab Sprout. 


ATIVIDADES EXTRAS - Proporcionar ao público uma maior proximidade com o ícone Steve McQueen é uma das premissas da mostra que terá as seguintes atividades extras de forma virtual: Debate sobre a vida e a obra do homenageado; aula magna com o tema “Steve McQueen – O Arquétipo do Anti-Herói de Poucas Palavras”, com o curador Mario Abbade e o ator Eriberto Leão; palestra “A narrativa cinematográfica em imagens – O que está por trás de cada cena”; e a exibição de dois filmes com recursos de acessibilidade: audiodescrição, legenda descritiva e interpretação em Libras, com acesso gratuito pela plataforma Wurlak.com.  A programação contará também com lives mediadas por Abbade e playlist com as trilhas sonoras dos filmes estrelados por McQueen.

LIVES

Dia 03/03, às 19h, com a crítica de cinema Ana Carolina Garcia

Dia 17/03, às 19h, com o crítico de cinema Ricardo Largman

Todas as Lives serão mediadas pelo curador Mario Abbade e irão acontecer no perfil @blgentretenimento no Instagram.


DEBATE: STEVE MCQUEEN, VIDA E OBRA

Dia 20/03, às 19h, no canal da BLG Entretenimento no Youtube

Com os críticos de cinema Ana Rodrigues e Ricardo Cota 

Mediação do curador Mario Abbade.


PALESTRA: A NARRATIVA CINEMATOGRÁFICA EM IMAGENS – O QUE ESTÁ POR TRÁS DE CADA CENA

Dia 06/03, às 14h, com o curador Mario Abbade.

Inscrições gratuitas na plataforma Sympla, com transmissão via Zoom. Vagas limitadas. Duração 60 minutos. Aos participantes será oferecido certificado. 

A palestra pretende mostrar a importância da imagem desde clássicos do cinema até filmes mais herméticos, até porque alguns cineastas escolhem não desenvolver a trama por meio de diálogos, e sim por imagens e mise-en-scéne (expressão francesa que está relacionada com encenação ou o posicionamento de uma cena), deixando espectador menos atento em dúvida sobre o que está acontecendo na narrativa.


AULA MAGNA: STEVE MCQUEEN – O ARQUÉTIPO DO ANTI-HERÓI DE POUCAS PALAVRAS

Dia 20/03, às 14h.

Inscrições gratuitas na plataforma Sympla, com transmissão via Zoom. Vagas limitadas. Duração 120 minutos. Aos participantes será oferecido certificado.

A atividade, ministrada pelo curador Mario Abbade em parceria com o ator Eriberto Leão, tem como proposta abordar os diferentes métodos de interpretação. Por meio de exercícios teóricos e práticos, o aluno poderá descobrir e vivenciar essas escolas de pensamento sobre a arte de atuar.


FILMES COM RECURSOS DE ACESSIBILIDADE: A BOLHA ASSASSINA E FUGINDO DO INFERNO

Dia 24/03, às 13h.  Os filmes ficarão disponíveis para visualização até as 23h59 do dia 30/03.

“A bolha assassina”, primeiro trabalho de Steve McQueen no cinema, e “Fugindo do inferno”, um dos filmes mais famosos do ator, serão programados na plataforma de streaming Wurlak.com com os 3 recursos de acessibilidade juntos: Interpretação em Libras, Legenda Descritiva e Audiodescrição. O acesso é gratuito.

Os interessados deverão se cadastrar, sem custo, para poder conferir os filmes. 

OBS.: Aqueles que optarem por assistir via smartphone ou tablet, o recomendado é que faça download do aplicativo do serviço de streaming, que está disponível nas versões para IOS e Android.



SOBRE A REABERTURA DO CCBB  - O Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro funciona de quarta a segunda (só fecha nas terças) de 9h às 18h.  

O CCBB RJ está adaptado às novas medidas de segurança sanitária: entrada apenas com agendamento on line, controle da quantidade de pessoas no prédio, fluxo único de circulação, medição de temperatura, uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool gel e sinalizadores no piso para o distanciamento. No cinema a capacidade foi reduzida para 1\3, com higienização completa antes de cada apresentação/sessão, além do distanciamento de 2 metros entre as poltronas.  

A bilheteria presencial está proibida, todos os ingressos serão disponibilizados no site eventim.com.br 

Serviço: Mostra Steve McQueen – The king of cool 

Local: Centro Cultural Banco do Brasil - Cinema I

Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 - Centro - Rio de Janeiro (RJ)

(21) 3808-2007 | ccbbrio@bb.com.br

Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h.

Datas: De 3 de Março a 5 de Abril de 2021

Horários: consultar programação

Entrada Gratuita 

Lotação: 49 lugares

Todos os ingressos serão disponibilizados no site eventim.com.br

Classificação: 14 anos 

Acesso para pessoas com deficiência: Sim

Patrocínio: Banco do Brasil

Realização: CCBB

Programação completa: http://www.bb.com.br/portalbb

INFORMAÇÕES AO PÚBLICO

SITE: www.bb.com.bra

Twitter: twitter.com/CCBB_RJ

Facebook: www.facebook.com/CCBB .RJ

ccbbrio@bb.com.br



PROGRAMAÇÃO: 


Steve McQueen – Rio de Janeiro 03 de março a 5 de abril


03/03 – quarta-feira


14h30 A bolha assassina (The blob). 91 min


17h30 O canhoneiro do Yang-Tsé (The Sand Pebbles). 182 min


19h Live com Mario Abbade e Ana Carolina Garcia


04/03 – quinta-feira


14h30 A máquina do amor (The honeymoon machine). 87 min 


17h30 Império de gangster (Never love a stranger). 91 min


05/03 – sexta-feira


14h30 O grande roubo de St. Louis (The great St. Louis Bank robbery). 89 min


17h30 Inferno na torre (The towering inferno). 165 min


06/03 – sábado


14h Palestra: A narrativa cinematográfica em imagens – O que está por trás de cada cena. 60 min


15h Steve McQueen  (Steve McQueen: Man on the edge). 60 min


17h30 Tom Horn, O cowboy (Tom Horn). 98 min


07/03 – domingo


15h00 O inferno é para os heróis (Hell is for heroes) 90 min


17h30 O amante da guerra (The war lover). 105 min


08/03 – segunda-feira


14h30 O preço do prazer (Love with the proper stranger) 102 min


17h30 A mesa do diabo (The Cincinnati kid). 102 min

 

10/03 – quarta-feira


14h30 O gênio do mal (Baby the rain must fall). 100 min.


17h30 Nevada Smith. 128 min


11/03 – quinta-feira


14h30 As 24 horas de Le Mans. 106 min


17h30 Papillon. 151 min


12/03– sexta-feira


14h30 O inimigo do povo (An enemy of the people). 103 min


17h30 Os implacáveis (The getaway). 123 min


13/03 – sábado


15h Eu sou Steve McQueen (I am Steve McQueen). 90 min


17h30 Caçador implacável (The hunter). 97 min


14/03 – domingo


15h Quanto vale um homem (Soldier in the rain). 88 min


17h30 Crown, o magnífico (The Thomas Crown affair). 102 min


15/03 – segunda-feira


14h30 Dez segundos de perigo (Junior Bonner). 100 min


17h30 Quando explodem as paixões (Never so few). 125 min.


17/03 – quarta-feira


14h30 O grande roubo de St. Louis (The great St. Louis Bank robbery. 89 min.


17h30  Fugindo do inferno (The great escape). 172 min.


19h Live com Mario Abbade e Ricardo Largman


18/03 – quinta-feira


15h00 A bolha assassina (The blob). 91 min.


17h30 Inferno na torre (The towering inferno). 165 min


19/03 – sexta-feira


15h00 Império de gangster (Never love a stranger). 91 min


17h30 Sete homens e um destino (The magnificent seven), de John Sturges (EUA, 1960). 128 min


20/03 – sábado


14h Aula magna: Steve McQueen – O arquétipo do anti-herói de poucas palavras 120 min


15h30 A máquina do amor (The honeymoon machine. 87 min


17h40 O canhoneiro do Yang-Tsé (The Sand Pebbles). 182 min


19h Debate Steve McQueen, vida e obra


21/03 – domingo


14h30 O preço do prazer (Love with the proper stranger) 102 min.


17h30 Bullitt. 114 min


22/03 – segunda-feira


15h Quanto vale um homem (Soldier in the rain). 88 min


17h30 O inferno é para os heróis (Hell is for heroes. 90 min.


24/03 – quarta-feira 


13h A bolha assassina e Fugindo do Inferno na plataforma Wurlak.com. (inserir os 3 símbolos de acessibilidade: legenda descritiva, interpretação em Libras e audiodescrição)


14h30 A mesa do diabo (The Cincinnati kid). 102 min.


17h30 Os implacáveis (The getaway). 123 min


25/03 – quinta-feira


14h30 Tom Horn, O cowboy (Tom Horn). 98 min.


17h30 Nevada Smith. 128 min.


26/03 – sexta-feira


14h30 O amante da guerra (The war lover). 105 min.


17h30 Crown, o magnífico (The Thomas Crown affair). 102 min


27/03 – sábado


15h Steve McQueen: A essência do formidável (Steve McQueen: The essence of cool). 87 min


17h30 Os rebeldes (The reivers). 107 min


28/03 – domingo


14h30 As 24 horas de Le Mans. 106 min


17h30 O inimigo do povo (An enemy of the people). 103 min


29/03 – segunda-feira


14h30 Tom Horn, O cowboy (Tom Horn). 98 min.


17h30 Caçador implacável (The hunter), de Buzz Kulik (EUA, 1980). 97 min.


31/03 – quarta-feira

17h30 Sete homens e um destino (The magnificent seven). 128 min


01/04 – quinta-feira


17h30 Os rebeldes (The reivers). 107 min


02/04 – sexta-feira


17h30 Bullitt. 114 min


03/04 – sábado


17h30 O gênio do mal (Baby the rain must fall). 100 min.


04/04 – domingo


17h30 Dez segundos de perigo (Junior Bonner). 100 min


05/04 – segunda-feira


17h30 Papillon. 151 min